Voluntários procuram-se para ressuscitar a floresta portuguesa

plantar_arvore_300x200

“Regresso ao Futuro com 1000 árvores” é o nome da ação de voluntariado organizada pela U.Porto em parceria com a Câmara Municipal de Marco de Canaveses.

A Universidade do Porto está à procura de voluntários para ajudar a reflorestar Portugal, depois de um verão tragicamente marcado pela devastação dos incêndios florestais.

Em parceria com a Porto Business School e a Câmara Municipal de Marco de Canaveses, a U.Porto está a organizar uma ação de voluntariado dirigida a toda a comunidade académica para plantar um milhar de árvores em cerca de 1 hectare de área ardida daquele concelho.

A decorrer na manhã do dia 3 de dezembro, sábado, entre as 8 horas e as 13h30, a iniciativa está aberta à participação de toda a comunidade U.Porto, bastando para isso realizar a inscrição no formulário online criado para o efeito (o número de inscrições é limitado).

Os voluntários deslocar-se-ão de autocarro providenciado pela U.Porto até Marco de Canaveses, ao local da plantação (previamente preparado), onde haverá árvores e pessoal técnico disponível para orientar os trabalhos. No final da atividade de plantação, e antes do regresso ao Porto, o grupo visitará algumas atrações históricas/culturais da região do Marco de Canaveses.

O objetivo da iniciativa é plantar 1000 árvores das espécies carvalho-alvarinho, carvalho-negral e vidoeiro-branco (ou bétula-branca) e, desta forma, dar uma pequena ajuda na regeneração da floresta portuguesa.

  • Antonio

    É triste ver que ainda se anda a mendigar por isto…. Felizmente temos os submarinos k são muito mais importantes que a floresta!