‘Vai pró baralho’, a app que vai revolucionar os jogos de cartas

(foto: LEVELUP)

As ilustrações foram totalmente da autoria de PEdro Dória Martins, alumnus da FEUP (foto: LEVELUP)

King, Poker, Bisca, Casino… São vários os jogos ‘alvo’ da “Vai pró Baralho”, uma aplicação aplicação 100% portuguesa, criada por um antigo estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que permite calcular as pontuações e classificações dos jogadores, eliminando as confusões de procura de canetas e papéis e os erros naturais do cálculo humano.

Pedro Dória Martins tem 30 anos, é licenciado em Ciências de Engenharia Informática e mestre em Engenharia de Gestão pela FEUP. Tendo o hábito de jogar semanalmente ao King com amigos, sentiu a necessidade de descomplicar a forma como se calculam as pontuações. Aliando a sua formação e experiência em engenharia de software à do amigo Hugo Venâncio Rodrigues Pestana, também com 30 anos, formado em Engenharia Informática na Universidade da Madeira, teve a ideia de criar uma App para automatizar o processo da pontuação. Posteriormente, e inspirado nas lembranças dos torneios de Sueca no bar dos alunos da FEUP, surge a ideia de expandir a aplicação para outros jogos de cartas. Juntam-se os dois amigos e surge a Vai pró Baralho!”, um nome que surge após bastante tempo de reflexão, de um brainstorming e ainda de um inquérito online a potenciais utilizadores – ficou provado que as pessoas gostaram do nome e do trocadilho!

E como funciona exatamente a aplicação? O utilizador descarrega-a gratuitamente no Google Play, escolhe o jogo pretendido e é-lhe apresentada uma tabela para registar os pontos que depende do jogo em questão (contar os pontos na Sueca, por exemplo, é diferente de contar os pontos no King). É possível depois ir contando os pontos de cada jogador e ter uma noção da classificação de cada um: o nome do jogador que vai à frente é colocado a azul e o que tem menos pontos é colocado a vermelho. Existe ainda um botão para fazer “Reset”, isto é, para apagar as pontuações todas e recomeçar.

Após três meses de desenvolvimento, foi necessário apenas um dia para lançar a aplicação. A  primeira versão suporta os jogos King e Casino e está disponível para Android, mas o objetivo dos autores passa por lançar uma versão que suporte mais jogos e que esteja disponível para iPhone e windows phone. Esta versão 2.0 já está a ser implementada e prevê-se que seja lançada em setembro.

Com ilustrações da autoria de Pedro Dória Martins a App contou com o apoio da startup LEVELUP! para o seu desenvolvimento, uma empresa de formação de informática, web design, engenharia de software/websites/apps e produção multimédia.  Uma startup fundada pelo alumnus FEUP, que arriscou na criação de uma empresa em contexto de crise muito pelo que aprendeu sobre empreendedorismo e gestão no mestrado na FEUP.

Para descarregar a aplicação ou ter acesso a mais pormenores,basta consultar a página oficial da aplicação no Facebook.