UNorte.pt fecha primeiro ano de atividade com balanço positivo

unorte_300x200

Foi a 9 de janeiro de 2015 que os reitores do Porto, Minho e UTAD constituíram formalmente o consórcio UNorte.pt

O consórcio UNorte.pt encerrou o seu primeiro ano de atividade com balanço positivo. As equipas reitorais do Porto, Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro reuniram-se no dia 4 de abril em Guimarães para analisar os resultados já obtidos pelos vários grupos de trabalho estabelecidos entre as três universidades.

Em comunicado emitido no final da reunião, os reitores das três universidades que constituem o consórcio UNorte.pt “congratularam-se pelo conjunto de projetos comuns já aprovados nas áreas da investigação, da formação avançada de recursos humanos, da ação social e da gestão administrativa, bem como o vasto leque de iniciativas ainda em preparação”.

Entre estas iniciativas encontra-se o reforço da articulação entre as três universidades ao nível da valorização do conhecimento, “nomeadamente na promoção do empreendedorismo, na gestão da propriedade intelectual e na atração de investidores internacionais” para as universidades do UNorte.pt e as estruturas de inovação que lhe estão associadas.

De facto, um dos próximos objetivos declarados do consórcio será “aumentar significativamente a atratividade internacional da Região Norte como local de destino para formação superior”.

Nesse sentido, os reitores das universidades do Porto, Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro “decidiram elaborar uma proposta conjunta para reajuste da estratégia regional de desenvolvimento inteligente, a apresentar à Comissão de Coordenação Regional do Norte (CCDR-N)”.

A ideia passa por tirar partido da dinâmica de cooperação estabelecida no seio do UNorte.pt para, junto da CCDR-N e do Governo, garantir apoio aos projetos estratégicos e de reequipamento científico do consórcio que “poderão ser modelos a seguir no âmbito de políticas de desenvolvimento nacional ou regional”.