Universidades da Peninsula Ibérica reforçam presença em Bruxelas

estudantes_peninsula_ibericaPromover os interesses das universidades de Portugal e Espanha e ao mesmo tempo facilitar a divulgação de informação sobre políticas da União Europeia para o setor é o grande objetivo da nova Delegação Europeia CRUE/CRUP em Bruxelas, resultado de uma iniciativa conjunta da Crue Universidades Españolas (CRUE) e do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP).

A apresentação oficial da Delegação CRUE / CRUP decorreu no passado dia 25 de janeiro, na Representação Permanente de Espanha junto da Comissão Europeia (REPER Espanha), e contou com a participação do Reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo de Azevedo. Na ocasião, o Presidente da CRUE destacou a importância do projeto para Portugal e Espanha, dois países que “querem trabalhar juntos para construir uma Europa mais forte, que necessita da Península Ibérica”. Segundo Píriz assinalou ainda que “queremos melhorar a docência, a investigação e a transferência” e sublinhou que “a mudança para um modelo produtivo baseado no conhecimento não se consegue sem a ajuda das universidades”. Neste sentido concluiu que ambas as associações querem trabalhar “juntas para sermos países à altura das circunstâncias”, tendo afirmado que “ Trabalhando juntos seremos mais fortes e chegaremos mais longe”.

Do lado português, António M. Cunha, Presidente do CRUP, frisou que “com esta Delegação Europeia queremos amplificar a nossa voz em Bruxelas relativamente aos problemas que encaramos diariamente, para além de se tentar criar uma agenda política com todas as Universidades da Europa”. O também Reitor da Universidade do Minho realçou ainda  que o futuro da Europa passa por criar economias baseadas no conhecimento, e que tal depende de sistemas Universitários fortes.

Para além dos presidentes das duas instituições parceiras, a cerimónia contou com a participação dos Embaixadores Representantes Permanentes de Espanha e de Portugal junto da UE, Alfonso Dastis Quecedo e Nuno Brito, respetivamente, e do Secretário de Estado da Educação, Formação Profissional e Universidades do Ministério da Educación, Cultura e Deporte de Espanha. Estiveram ainda representadas todas as instituições e Organismos com relevância em Bruxelas nos setores da Educação e Investigação, assim como vários funcionários portugueses e espanhóis que trabalham nas diversas instituições da União Europeia.

O programa incluiu ainda uma receção aos representantes da Crue e do CRUP no Parlamento Europeu, onde teve lugar um encontro com Ramón Luis Valcárcel, Vice-Presidente daquele órgão.