Universidade aposta na intervenção na área do Risco

A área dos riscos naturais será uma das que vão centrar a atenção da Universidade. (Foto: DR)

No passado dia 9 de abril, a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) acolheu a reunião de pivots do CERUP – Centro de Riscos da Universidade do Porto, onde foram apresentadas as atividades até agora desempenhadas pelo Centro e se discutiram futuras ações da Universidade na temática do risco.

Jorge Gonçalves, vice-reitor da U.Porto e coordenador do projeto, abriu a sessão salientando a importância da temática do risco e dizendo que já existem ações na instituição mas de uma forma dispersa. No entanto, a “tempestade de ideias” geradas pelos pivots que participaram em representação cada uma das faculdades da U.Porto  concluiu que a Universidade tem potencial para aprofundar o trabalho na área do risco.

Após os pivots se darem a conhecer uns aos outros, foi definido o objetivo da U.Porto perante a temática do risco: agregar e promover a criação, aplicação e comunicação do conhecimento nessa área. No entanto, como se concluiu, é necessário identificar primeiro qual o conhecimento que a U.Porto gerou ou está a gerar.

Pivots do CERUP reuniram na Faculdade de Belas Artes para apresentar o trabalho já feito.

Os membros do CERUP identificaram, assim, várias áreas chave onde consideram ser prioritário intervir, e que incluem: clima e atmosfera, agricultura e alimentos, florestas, mar, cidades e infraestruturas e cultura e saúde. Para cada uma destas áreas foi criado um grupo de trabalho multidisciplinar composto pelos pivots que se voluntariaram para pesquisar o que já é feito na U.Porto bem como para pensar nas formas da Universidade dar resposta à avaliação, gestão, prevenção e mitigação do risco nestes sistemas.

A UPIN – Universidade do Porto Inovação teve ainda oportunidade de apresentar a plataforma colaborativa UPOINT, vista como uma forma de facilitar e agregar a interação entre os investigadores à volta do CERUP e da temática do risco sendo, assim, uma ferramenta útil para o futuro do centro.

O próximo encontro do CERUP vai realizar-se em junho  e será dedicado à apresentação do diagnóstico feito em cada um dos sistemas referidos.