Universidade do Porto recebe “Medalha Amigo da Marinha”

O Reitor da U.Porto foi condecorado pelo Contra-Almirante Flávio Rocha e pelo Adido de Defesa e Naval do Brasil em Portugal, Capitão Barroso. (Foto: Egídio Santos/U.Porto)

É uma distinção que “reconhece o esforço desenvolvido pela Universidade do Porto na difusão, produção e valorização socioeconómica de conhecimento científico sobre o mar” As palavras são de Sebastião Feyo de Azevedo, Reitor da U.Porto, e marcaram a cerimónia de entrega da “Medalha Amigo da Marinha” à Universidade do Porto, realizada no passado dia 3 de novembro, no edifício da Reitoria,

A condecoração – entregue pela Marinha do Brasil ao estandarte e ao Reitor da U.Porto – chega numa altura em que a Universidade continua a investir esforços na promoção de atividades de investigação ligadas ao mar. Este reconhecimento é dado a personalidades sem vínculo funcional com a Marinha do Brasil, militares de outras forças, bem como a instituições reconhecidas pelo trabalho que têm desenvolvido no âmbito do mar.

A Universidade do Porto é a primeira instituição de ensino a receber este reconhecimento. Representada pelo Contra-Almirante Flávio Rocha, a Marinha do Brasil vê, nesta condecoração, uma oportunidade de “aproximar as relações entre Portugal e Brasil, não só pela ponte que o Oceano Atlântico estabelece, como também pela relação com o mar que a U.Porto tem potenciado desde as suas raízes”.

Da parte da U.Porto, o Reitor lembrou também que “a Universidade está não só empenhada no aprofundamento da cooperação com instituições brasileiras como inteiramente aberta ao debate científico, à partilha do conhecimento e à troca de experiências em torno daquele que um dos mais importantes recursos naturais do planeta – o mar”.

Na vistia ao UPTEC Mar, a comitiva do Brasil conheceu os projetos da OceanScan.

À cerimónia de condecoração seguiu-se uma visita da comitiva de representantes oficiais do Brasil a alguns dos projetos da Universidade do Porto ligados ao mar.

No UPTEC Mar – criado em 2009 para a incubação de projetos empresariais ligados às ciências e tecnologias do mar, beneficiando da investigação avançada desenvolvida na Universidade – conheceram-se alguns dos projetos em desenvolvimento e o trabalho da OceanScan, empresa de referência no setor, que surgiu como uma spin off da FEUP e desenvolve sistemas, ferramentas e tecnologia que tornam fácil e economicamente aceitável o acesso ao oceano. Seguiu-se uma visita ao CIIMAR, onde foram conhecidos os principais projetos no âmbito da valorização dos recursos marinhos.