Universidade do Porto oferece música neste Natal

O concerto de Natal da Universidade do Porto será interpretado pelo Orfeão Universitário do Porto (OUP). (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

A época natalícia está à porta e cumprindo a tradição desta época festiva, a Universidade do Porto vai promover no dia 19 de dezembro, terça-feira, às 18h30, na Igreja dos Clérigos, o seu habitual Concerto de Natal, aberto a toda a comunidade.

A atuação vai ficar a cargo do Orfeão Universitário do Porto (OUP), sob direção de António Sérgio Ferreira, diretor artístico e Maestro Titular do Orfeão e antigo estudante da Faculdade de Letras da U.Porto. O programa inclui um conjunto de obras de diferentes épocas, no qual se incluem composições de Johan Sebastian Bach, Louis Claude D’Aquin, Johann Kaspar F. Fischer e John Rutter.

O espetáculo musical contará também com a presença de Rui Fernando Soares, organista e cravista portuense que tem colaborado com várias orquestras e coros, entre os quais se destacam a Orquestra Sinfónica Casa da Música, a Banda Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Calouste Gulbenkian, o Coro da Sé Catedral do Porto, e o Coro Polifónico da Lapa.

A entrada é livre.

Concertos de Natal do Orfeão Universitário

O espetáculo do dia 19 enquadra-se no ciclo de concertos natalícios que o Orfeão Universitário do Porto vai levar, ao longo dos próximos dias, a vários pontos da cidade. Já esta quinta-feira, de 14 de dezembro, o OUP sobe ao palco do Grande Auditório da Faculdade de Engenharia da U.Porto para, em conjunto com a Orquestra Clássica da FEUP, apresentar a obra “Magnificat” de John Rutter, no  O espetáculo começa às 21h00 e é aberto ao público.

Na noite de 16 de dezembro, o espírito natalício irá invadir a Igreja do Carmo, palco da 3.ª edição do Encontro Internacional de Coros da Universidade do Porto. Organizado pelo OUP e com entrada livre, o evento contará com as participações do Gruppo Polifonico Claudio Monteverdi e do Orfeão Egas Moniz.

O OUP é integrado atualmente por cerca de 200 estudantes das várias faculdades da Universidade do Porto, que trabalham ativamente nos 16 grupos que o compõem e se aglomeram sob três grandes vertentes: a Coral, a Etnográfica e a Académica.