Universidade do Porto no top mundial da empregabilidade

Porto de Emprego (FEP)A Universidade do Porto está entre as 200 instituições de ensino superior a nível mundial – e as 75 da Europa – que melhor promovem a empregabilidade dos seus estudantes, de acordo com a edição 2017 do QS Graduate Employability Rankings, divulgado recentemente pela consultora britânica Quacquarelli Symonds (QS).

Para a realização deste ranking, publicado pela primeira vez em 2015, foram tidos em conta indicadores como a reputação das universidades entre as empresas, as parcerias com empregadores, a taxa de empregabilidade e a remuneração dos diplomados ou a presença de empresas no campus. No caso da U.Porto, é destacado o desempenho da Universidade ao nível do desenvolvimento de parcerias com os empregadores.

Para o resultado obtido pela U.Porto contribui a estratégia que vem sendo implementada ao longo dos últimos anos no sentido de assegurar a rápida transição dos diplomados para o mercado de trabalho. Contribuem para isso um ambiente propício à criação de conhecimento e inovação, uma ligação próxima com o tecido empresarial e um conjunto alargado de iniciativas e serviços de apoio à inserção profissional dispersos por todo o campus, com os quais os estudantes podem contar ao longo do seu percurso.

“O ‘casamento’ entre a Universidade e as empresas é uma das principais estratégias desta equipa reitoral. Estamos, por isso, muito satisfeitos pelo reconhecimento do trabalho da U.Porto ao nível da empregabilidade dos nossos diplomados. De facto, esta ligação ao tecido empresarial tem permitido, não só perceber quais as necessidades das empresas, como também identificar formas de colaboração e parceria. Reconhecemos que o nosso papel, enquanto Universidade, é criar as condições necessárias para a promoção dos talentos no mercado de trabalho, salienta Manuel Fontes de Carvalho, Pró-Reitor da Universidade do Porto com o pelouro do Apoio ao Estudante e Empregabilidade.

Entre as faces mais visíveis desta estratégia inclui-se, por exemplo, a FINDE.U – Feira Internacional de Emprego Universitário, um evento organizado pela Universidade do Porto, em parceria com as universidades de Trás-os-Montes e Alto Douto (UTAD) e de Vigo e cuja segunda edição, realizada nos passados dias 2 e 3 de novembro, levou à Exponor cerca de de 3 mil pessoas à descoberta de mais de 2 mil oportunidades de carreira apresentadas por cerca de 100 entidades, entre empresas, associações profissionais e organismos públicos.

A nível global, o QS Graduate Employability Rankings 2017 é liderado pelas universidades de Stanford (EUA), MIT – Massachusetts Institute of Technology (EUA) e Tsinghua (China). No grupo das 10 melhores do mundo destacam-se cinco instituições norte-americanas e duas do Reino Unido. A instituição europeia melhor colocada – no 5.º lugar – é a Universidade de Cambridge.

ranking completo pode ser consultado aqui.