U.Porto nas 100 melhores do mundo em cinco áreas científicas

A produção científica da U.Porto coloca-a entre as 100 melhores do mundo em cinco áreas de investigação.

A Universidade do Porto está entre as 100 melhores universidades do mundo nas áreas científicas de Engenharia Civil, Ciências Agrárias, Farmacologia e Toxicologia, Engenharia Mecânica e Engenharia Química, de acordo com o recentemente publicado Performance Ranking of Scientific Papers for World Universities 2017, produzido pela National Taiwan University.

Este ranking é calculado com base no desempenho científico das maiores universidades mundiais no ano de análise e nos 11 anos anteriores, seguindo três critérios: a produtividade, o impacto e a excelência da investigação científica. Com base nestes dados, o ranking fornece avaliações globais das instituições e por cada uma das 14 disciplinas científicas analisadas.

A Universidade do Porto encontra-se classificada entre as 300 melhores do mundo em 13 destas 14 áreas científicas, destacando-se particularmente em cinco áreas, onde se posiciona top 100 mundial.

Engenharia Civil, Ciências Agrárias, Farmacologia e Toxicologia, Engenharia Mecânica e Engenharia Química são as cinco áreas científicas em que a U.Porto se destaca neste ranking.

Assim, o ranking afirma a U.Porto como a 53.ª melhor universidade do Mundo e a 10.ª melhor da Europa na disciplina de Engenharia Civil, a 57.ª melhor do Mundo e a 17.ª da Europa em Ciências Agrárias, a 58.ª melhor do Mundo e a 20.ª da Europa em Farmacologia e Toxicologia, a 73.ª melhor do Mundo e a 21.ª da Europa em Engenharia Mecânica e a 82.ª do Mundo e 17.ª da Europa na área da Engenharia Química.

Na avaliação global da instituição, a Universidade do Porto encontra-se classificada como a 6.ª melhor universidade do espaço ibero-americano, a 93.ª melhor da Europa e a 232.ª do Mundo – uma subida de 22 lugares em relação à classificação obtida no ano anterior.

A classificação deste ano vem assim confirmar a tendência de crescimento que a Universidade do Porto tem mantido desde a primeira edição deste ranking. De facto, nos últimos 10 anos, a Universidade do Porto conseguiu subir 227 posições na classificação mundial, passando do 459.º posto em 2007 para o 232.º deste ano.