Universidade do Porto é rainha nos desportos de praia

Com sete títulos conquistados em oito possíveis, a Universidade do Porto foi a grande dominadora dos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU’s) de Praia, que decorreram, de 11 a 13 de junho, na praia da Figueira da Foz.

Os festejos começaram no futebol de praia, com as equipas feminina a masculina da U.Porto a garantirem as respetivas medalhas de ouro. Para a equipa masculina – composta por Luís Melo, Paulo Sousa, Fábio Taborda, Rui Fernandes, Carlos Pereira, Bruno Januário, Mateus Barros e Dimitros Kossenakis – foi o segundo título consecutivo, depois da vitórias em 2018. Já no feminino, Camila Silva, Ana Dores, Marta Vales, Ana Marinho, Sara Pereira, Mariana Moreira, Andreia de Sousa, Margarida Machado, Patrícia Ferreira e Joana Barros recuperaram para a Universidade o título perdido no ano passado.

O domínio continuou no voleibol de praia, modalidade em que a U.Porto esteve representada por duplas duplas de estudantes. E acabariam por ser estas a dominar a prova por completo, com a conquista de cinco das seis medalhas – incluindo os dois títulos nacionais – em disputa.

O destaque vai para as duplas Rosa Couto / Margarida Maia e Pedro Santos / Nuno Matos, que se sagraram campeãs nacionais nas provas feminina e masculina, respetivamente. Nos homens, o pódio foi mesmo 100% portuense, graças às medalhas de prata e de bronze conquistadas pelas duplas Luís Gomes / André Lázaro e José Miguel Fernandes / Frederico Santos. Francisca Cruz e Inês Faria trouxeram ainda uma medalha de bronze da prova feminina.

No andebol de praia, a U.Porto falhou por pouco nova “dobradinha”. Destaque para o título (re)conquistado pela equipa feminina (composta por Maria Duarte, Josefina Rodrigues, Mariana Azevedo, Matilde Gomes, Tânia Ferreira, Sofia Jesus, Micaela Estrelinha, Filipa Barbosa, Leonor Gonçalves e Ana Gante). Um feito que não seria repetido na prova masculina, em que a equipa da U.Porto (Alexandre Moreira, Rui Sobral, Gonçalo Amorim, Jorge Justino, José Xavier, Miguel Vieira, João Pimentel, Lourenço dos Santos, Miguel Cortinhas e Daniel Nunes) se sagrou “apenas” vice-campeã nacional, não conseguindo defender o título alcançado em 2018.

A última modalidade a entrar em ação foi o futevólei . E a prova não poderia ter corrido melhor para as cores da U.Porto, que voltou a garantir os dois títulos em disputa, pelos pés das duplas António Sousa / Carlos Pereira e Sara Pereira / Andreia Sousa.