Universidade do Porto distinguida pela Marinha do Brasil

Sessão solene de condecoração realiza-se a 3 de novembro, no Salão Nobre da Reitoria da U.Porto. (Foto: U.Porto)

No ano em que assinala o segundo aniversário, a SOAMAR (Sociedade de Amigos da Marinha do Brasil em Portugal) vai condecorar o estandarte da Universidade do Porto e o seu Reitor, com a medalha “Amigo da Marinha”. O reconhecimento chega da Marinha do Brasil, pelo trabalho desenvolvido pela U.Porto na promoção do espaço e mentalidade marítima, no relacionamento com a Marinha e na divulgação da importância do mar para o país. A sessão de condecoração à Universidade do Porto realiza-se no próximo dia 3 de novembro, sexta-feira, às 10h30, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto.

O Reitor da Universidade do Porto será condecorado com a Medalha “Amigo da Marinha”. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

Desde as suas raízes que a Universidade do Porto tem uma forte ligação ao mar. Apesar de ter sido constituída formalmente em 1911, a origem da U.Porto remonta a 1762, com a criação da Aula de Náutica por D. José I. Esta escola e as suas sucessoras (Aula de Debuxo e Desenho, criada em 1779; Academia Real da Marinha e Comércio, em 1803; Academia Politécnica, em 1837) serão responsáveis pela formação dos quadros portuenses ao longo do séc. XVIII e XIX, dando resposta às necessidades de pessoal qualificado na área naval, no comércio, na indústria e nas artes.

Na sessão solene de condecoração, estarão presentes o contra-almirante Flávio Rocha, em representação do comandante da Marinha do Brasil, que procederá à condecoração do estandarte da Universidade do Porto e do Reitor Sebastião Feyo de Azevedo, através da imposição da Medalha “Amigo da Marinha”.

Criada em 1966, a Medalha “Amigo da Marinha” é atribuída a personalidades sem vínculo funcional com a Marinha do Brasil, militares de outras forças, bem como a instituições reconhecidas pelo trabalho que têm desenvolvido no âmbito do mar. Em Portugal, a Medalha foi atribuída à Câmara Municipal de Lisboa e será, no dia 2 de novembro, imposta ao Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.