Universidade do Porto acolheu curso da “School of MRI 2017”

Cerca de meia centena de especialistas de 11 nacionalidades reuniram-se num curso sobre técnicas avançadas de neuroimagem da “School of MRI 2017”, no Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde – CINTESIS, unidade da Universidade do Porto, entre 15 e 17 de Junho. Os participantes eram peritos em neuroimagem, médicos, técnicos de imagiologia e docentes de diferentes instituições.

Do Reino Unido à Turquia, passando pela Holanda, França, Alemanha, Suécia, Suíça, Itália, Bélgica, até Portugal, à Rússia e ao Irão, foram múltiplos os países representados neste curso, promovido pela Sociedade Europeia de Ressonância Magnética em Medicina e Biologia, em parceria com a Escola Europeia de Radiologia, e organizado localmente por António Bastos Leite, investigador principal do grupo MedISP do CINTESIS, docente e médico Neurorradiologista da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Considerado pela organização central, representada por Alexander Leemans (Utrecht, Holanda), como um verdadeiro sucesso, este Curso permitiu aos participantes aprofundar o conhecimento sobre imagem por ressonância magnética funcional (fMRI) e imagem por tensor difusão (DTI) com ênfase em aplicações clínicas. Graças a um programa diversificado, o curso contou com um componente prático, onde foi possível assistir a aquisição de imagens fMRI, discutir resultados e ver a aplicação de imagens DTI a casos clínicos selecionados.

Tratando-se de técnicas de neuroimagem cada vez mais utilizadas no estudo do cérebro humano que ajudam a esclarecer a sua atividade e conexões, foi versada a aplicação da fMRI e DTI aos sistemas motor, auditivo, visual e à linguagem. No último dia, foi enfatizada a aplicação de novas técnicas de ressonância magnética à Psiquiatria, uma das áreas de eleição do investigador do CINTESIS, perspetivando-se o desenvolvimento de novas abordagens metodológicas aplicadas ao diagnóstico e ao prognóstico (após terapêutica) de um conjunto de perturbações mentais.