Universíadas 2015: Portugal faz história com ouro no Andebol

Pedro Seabra (Foto: DR)

O capitão e futuro médico Pedro Seabra Marques foi um dos destaques de Portugal (Foto: DR)

Os estudantes da Universidade do Porto Alfredo Quintana (FADEUP), Manuel Eduardo Borges (FEUP), Carlos Santos (ICBAS) e Pedro Seabra Marques (FMUP) ajudaram esta segunda-feira a Seleção Nacional Universitária de Andebol a fazer história no desporto português, ao conquistar o primeiro ouro de Portugal numa modalidade coletiva nas Universíadas de Verão, que decorrem em Gwangju, na Coreia do Sul. Foi a segunda medalha portuguesa com “chancela” da U.Porto – e a quarta no geral – na edição deste ano da mais importante competição mundial de desporto universitário, depois do bronze conquistado pela ginasta Filipa Martins.

Após uma fase de grupos imaculada, onde somou por vitórias os cinco jogos disputados, Portugal encarou na final a poderosa equipa da Sérvia. Num duelo renhido, as duas equipas chegaram o intervalo empatadas a 11 golos. Na segunda parte, contudo, a maior valia técnica dos portugueses veio ao de cima, fechando o encontro com quatro golos de vantagem (25-21).

“É uma sensação fantástica. Não posso mentir, nós vínhamos com isto em mente, acreditávamos que era possível fazer este trabalho e ganhar esta medalha. A sensação só de participar e as sensações que estar numas Universíadas nos trazem são inesquecíveis e ganhar a medalha de ouro e fazer história para Portugal é algo que fica para sempre”, destacou o capitão de equipa Pedro Seabra, em declarações reproduzidas pela Federação Académica de Desporto Universitário (FADU).

Já o selecionador Rolando Freitas realçou a “prova limpa” de Portugal, culminada com “o ouro que esperávamos e desejávamos. Estou também muito contente por perceber que este é um evento que tem muitas parecenças com o maior evento desportivo multidisciplinar que são os Jogos Olímpicos, que é um evento de referência, com uma boa competição de muito bom nível. E contente por achar que este projeto tem pernas para andar e que podemos no futuro ainda tirar mais dividendos desta articulação e quem sabe voltar a ganhar um dia”, rematou.

Depois das duas de prata conquistadas no Taekwondo e do bronze, na Ginástica Artística, o título no andebol encerra da melhor forma a participação portuguesa na 28.ª edição da Universíada de Verão. A competição termina esta terça-feira, 14 de julho, com a realização da cerimónia de encerramento.

Recorde-se que, para além dos cinco estudantes medalhados, a U.Porto esteve representada por mais três estudantes e um técnico nas Universíadas 2015. Na competição de Remo, André Pereira (FMUP), terminou a sua participação com um 9.º lugar e, segundo Ricardo Cardoso, selecionador nacional e treinador da equipa de Remo da U.Porto, “mais uma vez provou que é um excelente remador e competidor”. Jorge Costa (FEUP), único representante português no Ténis de Mesa, ganhou um jogo e perdeu outro, falhando o oapuramento para  fase a eliminar. Por fim, Daniela Cunha (FCUP) ficou em 10.º lugar na prova de marcha feminina do Atletismo.

destaque_Prémio WUC 2014_entrega

O Prémio WUC 2014 foi entregue na Gala da FISU (Foto: DR)

À margem da competição, a Universidade trouxe outra “medalha” de Gwangju. A “honra” coube ao Pró-Reitor para o Desporto, Fernando Remião, que esteve no dia 2 de julho  na Gala da Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU) para receber o prémio “Best WUC 2014”- correspondente ao “Melhor Campeonato do Mundo Universitário 2014 – atribuído ao Mundial Universitário de Voleibol de Praia 2014, organizado pela Universidade em parceria com a FAP e o IPP.