U.Porto na elite mundial das áreas da Economia e Gestão

estudantes_fep_biblio

O ranking baseia-se em critérios como a reputação dos cursos, as perspetivas de carreira e o nível salarial dos recém-licenciados no primeiro emprego.

Ao colocar 22 mestrados e pós-graduações – repartidos pela Faculdade de Economia (FEP) e pela Porto Business School – na edição 2014-2015 do Ranking BEST-MASTERS da Eduniversal, a Universidade do Porto tornou-se na escola portuguesa com a melhor performance de sempre (em número de cursos citados) na lista que reúne, anualmente, os melhores programas de formação do mundo nas áreas da economia e da gestão.

Em relação às duas edições anteriores do ranking elaborado por uma das mais importantes agências de consultoria internacionais no campo do Ensino Superior, a U.Porto coloca mais duas formações do que em 2013-14 no topo das respetivas áreas e mais oito face a 2012-2013. Entre eles encontram-se 11 mestrados da Faculdade de Economia (dez dos quais em funcionamento neste ano letivo) que, além de incluir mais um do que em 2013-14, melhora a posição de sete dos seus programas e manteve a posição de um, tendo apenas descido ligeiramente a posição noutro.

Ainda no que toca à FEP, registam-se as subidas dos Mestrados em Contabilidade e Controlo de Gestão (31.º),do  Master in Finance (35.º), do Mestrado em Economia e Gestão de Recursos Humanos (18.º), do Master in Data Analytics (Modelação, Análise de Dados e Sistemas de Apoio à Decisão – 18.º) e do Mestrado em Economia (32.º), nos rankings da Europa Ocidental das respetivas áreas, assim como do Mestrado em Economia e Gestão do Ambiente (26.º) e do Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde (51.º), nos respetivos rankings mundiais. O grande destaque vai contudo para o Mestrado em Finanças e Fiscalidade, que subiu da 50.ªpara a 21.ª posição no ranking mundial de “Taxation”, confirmando-se pelo terceiro ano consecutivo como o melhor programa a nível nacional naquela categoria.

Estes resultados são considerados pela Direção da Escola como “um importante reconhecimento do trabalho de grande qualidade que a Faculdade faz na área da pós-graduação”.

Relativamente à Porto Business School, são igualmente onze os cursos destacados pela Eduniversal. A nota principal vai para a ascensão da Pós-Graduação em Gestão da Informação e Marketing Intelligence da 21.ª para a 13.ª no top 50 mundial da área de “Business Intelligence, Knowledge and Security Management”, repetindo assim a melhor prestação de todos os cursos da U.Porto. Às portas do top 10 mundial segue também a Pós-Graduação em Gestão de Vendas, que sobe de 31.º para 0 14.º lugar categoria de “Retail Sales Management”.

A escola de negócios da U.Porto coloca ainda outras quatro pós-graduações entre as melhores do mundo das suas categorias. Para além de Gestão do Turismo e Hotelaria (ascende de 34.º para a 26.º em “Tourism and Hospitality Management”; Gestão Imobiliária  (sobe da 79.ª para a 67.ª posição na categoria “Real Estate Management”); e Análise Financeira  (sobe um lugar, de 82.º para 81.º, “em Financial Markets), regista-se a estreia da Pós-Graduação em Digital Business, classificada no lugar 67 entre as melhores do mundo na categoria de E-Business.

Finalmente, há a assinalar a presença de cinco formações da Porto Business School no “top 50 regional” em outras tantas categorias. São elas as pós-graduações em Comunicação Empresarial (sobe da 16.ª para a 13.ª posição em “Communications”), Gestão de Projetos (7.ª – a melhor classificação absoluta de um curso da U.Porto – em “Engineering and Project Management”) e Direção de Empresas (passa de 30.ª para 26.ª em “General Management”), o The Magellan MBA, considerado o 21.º melhor “MBA Full Time” da Europa Ocidental (e melhor português) e o MBA Executivo, 40.º classificado entre os “Executive MBA & MBA part time”.

Globalmente, a U.Porto contribui com perto de um quarto dos 80 cursos lecionados por instituições portuguesas nomeados pela Eduniversal. Atrás da Universidade seguem o ISCTE, com 20 (incluindo seis do INDEG/IUL), e a Universidade Nova de Lisboa (UNL) com 18, Universidade Católica e a Universidade de Lisboa (incluindo seis do ISEG), ambas com dez cursos nomeados. Nomeados estão ainda dois MBA’s lecionados em parceria pelas business schools da da UNL e da Universidade Católica (Lisboa).

Recorde-se que, em novembro passado, a FEP e a Porto Business School  já tinham sido incluídas na lista das melhores escolas de negócio do mundo de acordo com a a edição 2014 do ranking da Eduniversal.

Como é feito o ranking?

Resultado da avaliação de mais de 4000 mestrados e programas de MBA lecionados em todo o mundo, o Ranking Best-Masters da Eduniversal ordena os cursos em 31 categorias. Os critérios de avaliação incluem a reputação dos cursos (avaliada por especialistas internacionais), as perspetivas de carreira e o nível salarial dos recém-licenciados no primeiro emprego, ou o índice de satisfação dos estudantes.