U.Porto propõe viagem pelo mundo através da sétima arte

“The Milk of Sorrow” foi nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010. (Foto: justwatch / DR)

A Aula Magna da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) vai acolher, ao longo do mês de junho, mais uma edição do projeto CineMundus. Argélia, Peru, Paquistão e Estados Unidos da América são os destinos que integram o “roteiro” deste ciclo de cinema organizado pelo Serviço de Serviço de Relações Internacionais da U.Porto, em colaboração com a FBAUP, e que, durante quatro noites (sempre à quarta-feira, a partir das 21h00), se propõe a celebrar a diversidade através da sétima arte.

O programa arranca no dia 6 de junho com a exibição de “The Rooftops”, filme passado em Argel, capital da Argélia. O filme de Merzak Allouache apresenta histórias em cinco terraços de cinco regiões da cidade, de forma a explorar as temáticas da “violência islâmica, da imigração, da corrupção pós-colonial, entre outras”, numa crítica à sociedade argelina.

“The Milk of Sorrow” vem diretamente do Peru para a FBAUP no dia 13 de junho. Claudia Llosa conta a história de Fausta que sofre de uma doença rara (que dá nome ao filme). A patologia é transmitida através do leite materno de mulheres que tenham sido abusadas ou violadas durante a gravidez. Fausta sofre com a doença e ainda tem de lidar com a morte de sua mãe que despoleta um caminho repleto de emoções fortes.

É do Paquistão que vem o terceiro filme, no dia 20 de junho. “Dukhtar” conta a história de dois clãs rivais que tentam estabelecer uma relação de paz, concretizado com um casamento entre uma jovem rapariga de um dos clãs e um líder da tribo concorrente. É quando a mãe da noiva foge com a jovem que a ação começa, sendo que ambas são perseguidas pelas tribos. A perspetiva da realidade paquistanesa é de Afia Nathaniel.

“Mother of George” é um drama americano de 2013. Foto: NPR / DR.

Um casamento em que a noiva aparece tapada com um capuz e os convidados se riem com a sua passagem. É este o cenário inicial do “Mother of George”, um filme de Andrew Dosunmu, que se passa na Nigéria e nos Estados Unidos da América. O casal muda-se para Brooklyn, mas as pressões culturais e tradições mantêm-se, levando Adenike, a mulher, a cometer uma decisão que poderá salvar ou destruir a família. O filme vai ser exibido no dia 27 de junho.

Especialmente dedicadas aos estudantes de mobilidade internacional da U.Porto, as sessões são abertas a toda a comunidade. A entrada é livre, sendo que todos os filmes estarão legendados em inglês.