U.Porto entre as melhores do mundo em 16 áreas de ensino

Estudante FEUP, Engenharia Eletrotécnica

A U.Porto surge em posição de destaque nas áreas das Engenharias. (Foto: Egídio Santos / U.Porto)

A Universidade do Porto está entre as 400 melhores do mundo em 16 áreas de ensino analisadas pela edição 2016 do “QS World University Rankings by Subject”, um dos mais completos e reputados rankings internacionais de ensino superior, elaborado pela empresa multinacional Quacquarelli Symonds e disponível para consulta em www.topuniversities.com.

Num ranking que volta a confirmar a ascensão da Universidade na elite mundial do Ensino Superior, o grande destaque vai para a presença da U.Porto entre as 100 melhores universidades do mundo nas áreas da Arquitetura e da Engenharia Civil e de Estruturas, a melhor posição alcançada por uma universidade portuguesa. Ainda no domínio das Engenharias, a Universidade aparece entre as 150 e as 200 melhores a nível mundial nos campos da Engenharia QuímicaEngenharia EletrotécnicaEngenharia Mecânica.

A Universidade surge ainda no top 200 em três outras áreas (Agricultura e Silvicultura, Farmácia e Farmacologia e Educação) e entre as 201 e as 300 melhores do mundo em quatro (Línguas Modernas, Ciência de Computadores e Sistemas de Informação, Ciências Ambientais e Economia), estando também classificada no top 400 nos domínios das Ciências Biológicas, Medicina, Química e Matemática.

Em relação à edição anterior do ranking, regista-se a estreia da U.Porto na elite mundial de duas áreas do saber (Educação e Economia). Estes resultados confirmam de resto a tendência de subida que a Universidade tem vindo a registar no “QS World University Rankings by Subject”.  Em 2015, a U.Porto era referenciada em 13 áreas, ao passo que, em 2014 , foi classificada no top 350 mundial em apenas sete áreas de ensino.

Quando comparada com as restantes universidade nacionais, a Universidade do Porto surge na liderança das instituições com mais referências, seguida das universidades de Lisboa (11), Coimbra (10), Nova de Lisboa (8) e Minho (2). A U.Porto é ainda a melhor universidade portuguesa – nalguns casos em ex aequo – em 13 dos 15 rankings em que é referenciada (Engenharia Química, Engenharia Civil e de Estruturas, Ciência de Computadores e Sistemas de Informação, Engenharia Eletrotécnica, Engenharia Mecânica, Agricultura e Silvicultura, Ciências Biológicas, Medicina, Farmácia e Farmacologia, Ciências Ambientais, Educação e Economia).

Para a elaboração desta sexta edição do “QS World University Rankings by Subject” foram analisadas mais de 4.200 universidades e 10.000 cursos de todo o mundo. A avaliação para cada uma das 42 áreas/disciplinas classificadas foi ponderada de acordo com três indicadores de qualidade (reputação académica, reputação entre empregadores e produção científica) e teve como base dados de inquéritos a empregadores e académicos de todo o mundo, bem como informação bibliométrica existente na base de dados Scopus.

Recorde-se que já em setembro passado a Universidade do Porto surgiu como a universidade portuguesa mais bem colocada no “QS World University Rankings”, o ranking de avaliação genérica das instituições de ensino superior da Quacquarelli Symonds, ocupando a 308.º lugar entre mais de 800 universidades mundiais classificadas.

  • Paulo

    Orgulho-me de pretencer a Universidade do Porto.