U.Porto com a mais alta taxa de procura no Acesso ao Ensino Superior

Os 3.970 novos estudantes nacionais da Universidade do Porto começam a matricular-se já na segunda-feira, 10 de setembro.

A Universidade do Porto é a instituição com a mais alta taxa de procura do país no Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior de 2018, de acordo com os dados publicados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Com 6.834 candidatos a colocar a U.Porto como a sua primeira opção para um total de apenas 3.976 vagas disponibilizadas, a Universidade alcançou uma taxa de procura 172%. Dito de outra forma, a U.Porto teve 1,72 candidatos em primeira opção por cada uma das suas vagas.

Este é, com larga vantagem, o melhor rácio de candidatos por vaga registado entre as universidades portuguesas. As instituições que seguem a Universidade do Porto nesta lista são o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e a Universidade Nova de Lisboa, que apresentam taxas de procura de 152% e 149%, respetivamente.

Este alto índice de procura permitiu à Universidade do Porto preencher a quase totalidade das suas 3.976 vagas com 3.970 candidatos colocados, o que representa uma taxa de preenchimento de vagas de 99,8%.

Por outro lado, a Universidade do Porto regista também a mais alta classificação média de acesso entre as universidades portuguesas com 159 valores de nota média de entrada nos seus 52 cursos de licenciatura e mestrado integrado. Uma classificação superior em mais de 6 valores à segunda universidade melhor colocada neste campo, a Nova de Lisboa, que registou uma nota média de entrada de 152,6.

Na verdade, a Universidade do Porto domina a lista de cursos com as melhores classificações de acesso, inscrevendo 10 ciclos de estudo (40%) no top 25 da lista de cursos com as mais altas notas de entrada: Engenharia e Gestão Industrial (186,3), Bioengenharia (183,0), Medicina ICBAS (182,2), Medicina FMUP (181,0), Línguas e Relações Internacionais (180,0), Engenharia Informática e Computação (177,8), Arquitetura (175,5), Gestão (175,0), Línguas Aplicadas (174,6) e Engenharia Mecânica (174,5).

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior disponibilizou este ano, pela primeira vez, as estimativas de inscrições ao abrigo do Estatuto de Estudantes Internacionais e também neste campo a Universidade do Porto está entre as melhores do país. Segundo a informação ministerial, a U.Porto terá este ano 538 estudantes internacionais inscritos através deste mecanismo, apenas suplantada pela Universidade de Coimbra, que regista 567 estudantes internacionais.

A receção oficial aos novos estudantes da U.Porto realiza-se na quinta-feira, dia 13 de setembro, junto à Reitoria.

Todos estes novos estudantes da Universidade do Porto vão reunir-se já na próxima quinta-feira, dia 13 de setembro, às 14 horas, junto à Reitoria da U.Porto (Praça Gomes Teixeira) para uma sessão oficial de boas-vindas que tem a particularidade de envolver as principais instituições da cidade. Num esforço alargado de acolhimento e integração na universidade e na cidade, será concedida a estes novos estudantes, nacionais e internacionais, entrada gratuita nos principais monumentos e espaços culturais do Porto ao longo deste dia e até ao final de semana seguinte.