U.Porto alia-se a outras universidades para promover a inovação alimentar

O Newfood vai promover projetos na área dos produtos ou serviços na fileira dos alimentares tradicionais. (Foto: DR)

Promover projetos inovadores na área dos produtos alimentares tradicionais é o grande objetivo do Projeto Newfood, uma plataforma da Universidade do Porto, coordenada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação (FCNAUP), em parceria com as universidades de Trás-os-Montes e Alto Douro, do Minho e a Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional do Norte.

Em primeiro lugar, o Newfood pretende ligar o tecido empresarial aos projetos de investigação. Entre as iniciativas previstas inclui-se “um levantamento das tendências do mercado e das necessidades dos operadores do mercado dos produtos alimentares tradicionais” para depois mapear “projetos e competências das instituições científicas”, explica Duarte Torres, docente da FCNAUP e coordenador  científico do projeto. Desse “matching” espera-se que resulte um incentivo à interação entre as instituições científicas e a indústria.

Além disso, o Newfood vai lançar concursos (Newfood e FoodValorization) para premiar projetos em fase de desenvolvimento inicial ou avançada que, de acordo com Duarte Torres, revelem “potencial impacto na fileira dos produtos alimentares tradicionais”. O primeiro concurso será lançado em julho e assume o propósito de acelerar o desenvolvimento dos projetos e, possivelmente, implementá-los no mercado.

Os projetos devem estar relacionados com a fileira dos produtos alimentares tradicionais, como, por exemplo, um “novo conceito de comercialização, um novo serviço, uma melhoria num produto tradicional existente, um novo produto que utilize ingredientes tradicionais, uma nova embalagem, ou uma nova forma de promover este tipo de produtos”, explica o docente.

Vão ainda ser organizadas ações de divulgação e promoção, como seminários sobre as áreas do turismo e do agroalimentar, por exemplo. Os primeiros seminários vão ser sobre “raças animais e variedades vegetais autóctones de Portugal” e estão previstos para o final de 2018. 

O projeto é apoiado e aprovado pela programa NORTE 2020 e a candidatura da U.Porto foi apoiada pela Vice-Reitora da Investigação e Desenvolvimento, Maria João Ramos.

Os trabalhos e as atividades inseridas no projeto NEWFOOD vão sendo atualizados no site oficial.