U.Porto acolhe nova edição da ‘Mega Dádiva de Sangue e Medula Óssea’

(foto: pixabay/creative commons)

612 unidades recolhidas foi o resultado da última edição (foto: pixabay/creative commons)

Arranca no próximo dia 8 de outubro mais uma ‘Mega Dádiva de Sangue e Medula Óssea’. Promovida pela Federação Académica do Porto (FAP) e pelo Centro de Sangue e da Transplantação do Porto (CST), a iniciativa estende-se por diferentes instituições do ensino superior e tem a última recolha agendada para o dia 6 de novembro.

Associação de Estudantes da Faculdade de Engenharia (AEFEUP) volta a juntar-se a esta causa, e dá o pontapé de saída da recolha na Faculdade de Engenharia da Universidade  do Porto (FEUP), nos dias 8 e  9 de outubro. A ação decorre das 9h00 às 19h00, na sala B120, e destina-se a todos os que queiram associar-se a esta causa.

Nesta edição do segundo semestre de 2014, a iniciativa aumentou o número de associações de estudantes envolvidas para que todos os estudantes da academia do Porto possam contribuir. Volta ainda a contar com o desafio ‘Competição pela vida’, para que cada dador de sangue, estudante de ensino superior ou não, associe a sua doação a uma associação de estudantes, podendo fazê-lo em qualquer um dos locais onde se realiza a Mega Dádiva de Sangue.

No final da atividade serão divulgados os resultados que permitem conhecer as associações de estudantes que mais mobilizaram. Os resultados da Mega Dádiva de Sangue e Medula Óssea do 1º semestre (março de 2014) apontam para 612 unidades de sangue doadas.

A iniciativa inclui as faculdades de Engenharia, Economia, Direito. Letras, Farmárcia/ICBAS, Ciências e Desporto. As outras instituições de ensino superior do Porto abrangidas são o ISCAP, o ISEP, o ISSP, a ESTSP, a ESENFP e ainda a Católica. Mais informações disponíveis em: http://bit.ly/1CN0Oe1.