Teatro Universitário do Porto estreia “Três Tristes Tigres”

“Três tristes tigres que são feitos de papel. Olhos de animal, olhos de ser ninguém.” É assim que se apresenta a mais recente produção do Teatro Universitário do Porto (TUP), que estará em cena de 13 a 16 de dezembro, no Armazém 22.

Criação coletiva de António Pacheco, Bruno André Moreira, Filipa Alves Fonseca, Daniela Araújo Braga, Joana Mont’ Alverne, Marisa Catita, Sara Oliveira e Tiago M. Carvalho, Três Tristes Tigres reúne em palco os atores António Pacheco, Bruno André Moreira e Filipa Alves Fonseca. Aos três intérpretes cabe dar corpo a “um espetáculo pensado por quem habita a casa que é o TUP”.

O espectáculo, que assinala os 69 anos de existência do mais antigo grupo de teatro do Porto, sobe ao palco do Armazém 22 nos dias 13, 14 e 15, com sessões agendadas para as 22h00 A sessão do dia 16 dezembro tem início às 1900.

Bilhetes e reservas aqui.

Sobre o TUP 

O TUP – Teatro Universitário do Porto foi fundado a 13 de dezembro de 1948, por um grupo de estudantes da Faculdade de Medicina, sob orientação de Hernâni Monteiro, histórico professor de Anatomia da FMUP. O TUP mantém até hoje, e sem interrupções, a sua atividade enquanto associação juvenil sem fins lucrativos. Apesar de ser o grupo de teatro mais antigo do Porto, o TUP não deixa igualmente de ser um espaço privilegiado de criação e experimentação teatral.

Os últimos anos de atividade têm sido marcados por espetáculos originais do TUP, escritos e encenados pelos membros da companhia e por encenadores/coreógrafos como António Júlio, Victor Hugo Pontes, Joana Providência, Joana Castro, Cláudio da Silva, Vera Santos ou Gonçalo Amorim. Alguns destes espetáculos foram premiados em festivais nacionais e internacionais de teatro universitário, como o FATAL, em Lisboa, e o MITEU, em Ourense. O TUP integrou ainda a edição de 2015 do FITEI.

O TUP mantém ainda como objetivo primordial a sua vertente de formação, nomeadamente através do seu Curso de Iniciação à Interpretação, realizado de dois em dois anos.