Spin-offs da U.Porto distinguidas pela EIT Health

A InSignals Neurotech ficou em segundo lugar na primeira edição do programa EIT Health Startup Meets Pharma, angariando um apoio financeiro no valor de 10 mil euros. (Foto: DR)

As spin-offs InSignals Neurotech, nascida no INESC TEC, e Wisify Tech Solutions, com génese na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), foram recentemente distinguidas em programas para startups, dinamizados pela EIT Health. Ambas as empresas terão acesso a financiamento e outros apoios.

InSignals Neurotechspin-off do INESC TEC na área da engenharia biomédica, ficou em segundo lugar na primeira edição do programa EIT Health Startup Meets Pharma, angariando um apoio financeiro no valor de 10 mil euros. Como parte do prémio, a startup irá participar, em dezembro, no EIT Health Annual Summit, em Paris, para apresentar o novo dispositivo wireless vestível que avalia a rigidez do pulso para apoio a procedimentos neurocirúrgicos de estimulação cerebral profunda.

Já a Wisify Tech Solutions, fundada por inventores do Lipowise – um dispositivo médico para medição de pregas cutâneas – foi uma das 15 startups vencedoras do EIT Health Headstart Support 2019. O programa, criado para apoiar empresas em fase de criação, permite à spin off da U.Porto garantir desde já um financiamento de 40 mil euros, o qual poderá ascender aos 50 mil euros, caso a empresa atinja resultados coerentes com a programação prevista. Além disso, com ajuda dos promotores regionais desta rede europeia, as startups selecionadas vão também vão receber apoio no desenvolvimento e/ou lançamento dos seus projetos.

A Wisify Tech Solutions foi uma das 15 startups vencedoras do EIT Health Headstart Support 2019, o que lhe permitiu garantir um financiamento mínimo de 40 mil euros. (Foto: DR)

Ambos os programas fazem parte da estratégia da EIT Health para apoiar a inovação e o empreendedorismo na saúde.

No caso do EIT Health Startup Meets Pharma, o objetivo passa por aproximar as startups a atuar neste setor da indústria às principais empresas farmacêuticas europeias. Foram 14 as startups que participaram neste programa, apresentando um pitch sobre as respetivas áreas de negócio perante um júri de peritos em tecnologia médica. A InSignals Neurotech participou num desafio proposto pela empresa Ferrer dedicado à doença de Parkinson, um esforço conjunto do Centro de Investigação em Engenharia Biomédica (C-BER) e do Serviço de Apoio ao Licenciamento (SAL) do INESC TEC, em colaboração com a empresa Frontier IP, também ela acionista da spin-off do INESC TEC.

O Headstart Programme, por sua vez, tem como objetivo ajudar startups e PMEs a desenvolverem as suas invenções mais rapidamente e com melhores resultados. Nesta ronda foram escolhidas 15 empresas de países como Itália, Grécia, Polónia e Portugal, que responderam a desafios específicos relacionados com doenças cardíacas, doença de Parkinson, cuidados geriátricos, etc.

Sobre as empresas

A InSignals Neurotech está a desenvolver um novo dispositivo wireless vestível que avalia a rigidez do pulso. (Foto: DR)

Nascida em fevereiro deste ano, a InSignals Neurotech é o resultado da aposta feita pelo INESC TEC, com o apoio do Hospital Universitário de São João, na área da Engenharia Biomédica. Tem também participação na InSignals Neurotech o grupo Frontier IP do Reino Unido, especialista em comercialização de propriedade intelectual universitária.

A tecnologia desenvolvida pela Insignals Neurotech foi já testada em pacientes de Parkinson e pode vir também a ser útil em doentes de Epilepsia ou outras doenças do foro neurológico. O trabalho já havia sido reconhecido este ano com o prémio do i3S Hovione Capital Health Innovation Prize.

A Wisify Tech Solutions nasceu a partir do desenvolvimento do Lipowise, por investigadores da FEUP e está focada em ferramentas fiáveis e inovadoras para os profissionais das áreas médicas, nutrição e desporto Em janeiro de 2018, durante o “Boston Global Immersion”, a tecnologia foi selecionada com o objetivo de prospeção de interesse comercial com investidores, e surgiram aí as raízes para o modelo de negócio a implementar. Na segunda metade de 2018, nasceu a empresa Wisify Tech Solutions pela mão dos empreendedores Ricardo Moura e Tiago Andrade.

Ambas as empresas receberam o selo spin-off U.Porto no ano de 2019.