Santander Universidades “oferece” 37 bolsas de mobilidade para a América Latina

Em 2016 foram concedidas mais de 36.000 Bolsas Santander para universitários de todo o mundo. Este ano, 37 são para a comunidade da U.Porto.

Pelo décimo ano consecutivo, o programa Santander Universidades vai financiar a mobilidade de estudantes, docentes e investigadores da Universidade do Porto. Este ano, são 37 bolsas destinadas a quem pretenda cumprir um período de mobilidade entre dois a seis meses na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Perú, Porto Rico ou Uruguai.

Para os estudantes de licenciaturas, mestrados e mestrados integrados, existem 25 bolsas para realizar um período de mobilidade numa das universidades Ibero-Americanas parceiras e 10 bolsas para serem cumpridas numa das universidades brasileiras participantes no programa. Em ambos os casos, o estudante candidata-se a um período de estudos mínimo de um semestre e o valor individual de cada bolsa atribuída é de 2.300 euros.

Para os professores, investigadores e doutorandos da Universidade do Porto estão reservadas duas bolsas ibero-americanas Santander Investigação, as quais lhes permitirão cumprir um período de mobilidade académica para investigação, especialização científica e técnica numa das universidades ibero-americanas participantes no Programa e parceira da U.Porto.

No caso dos doutorandos, é necessário cumprir um período mínimo de quatro meses, enquanto que no caso de professores e investigadores, o tempo mínimo é de dois meses. Cada bolsa corresponde a um valor individual de 5.000 euros.

A bolsa concedida aos beneficiários tem por objetivo apoiar as despesas com as viagens de ida e volta entre Portugal e o país de destino, bem como os custos de estadia. O prazo para submissão de candidaturas termina a 30 de abril de 2017. A candidatura terá de ser efetuada em http://international.up.pt.

O regulamento do programa pode ser consultado aqui.

Mais informações através do email international@reit.up.pt.