Rota da Seda vai “passar” pela Universidade do Porto

marco_polo

Os participantes vão poder “refazer” a viagem de Marco Polo que, no século XIII, saiu de Veneza e percorreu a Rota da Seda. (Foto: DR)

No próximo dia 22 de outubro, a Reitoria da Universidade do Porto acolhe mais uma Nomad Talk by National Geographic Channel, desta vez dedicada à famosa Rota da Seda.

A liderar este «viagem» estará a geógrafa Carla Mota, viajante e apaixonada por estas latitudes, a quem caberá desvendar os mistérios de “uma rota cheia de lugares enigmáticos, como grutas preenchidas por esculturas budistas, desertos gelados, as maiores depressões topográficas do planeta Terra, povos e culturas milenares e cidades ‘perdidas’, engolidas pelas areias do deserto”, apresenta a organização.

Considerada a maior rede comercial do Mundo Antigo, a Rota da Seda foi uma rota mítica de caravanas que, atravessando a Ásia, abasteciam a burguesia europeia, então disposta a pagar quantias exorbitantes pelo valioso tecido fabricado na China, a partir da fibra branca dos casulos dos bichos-da-seda. Palco privilegiado para as trocas comerciais entre a Europa e o Oriente, a Rota foi também importante para o desenvolvimento e florescimento de grandes civilizações, como o Antigo Egito, a Mesopotâmia, a China, a Pérsia, a Índia e Roma.

A sessão tem início às 21h30. A entrada é livre.