Ribeiro de Faria, Figura Eminente 2016, como académico e homem de cultura

ribeirofaria_300x200

Jorge Ribeiro de Faria na cerimónia do Dia da Universidade 2005, quando recebeu o título de Professor Emérito da Universidade do Porto.

A Universidade do Porto vai promover mais uma sessão de homenagem à vida e obra de Jorge Ribeiro de Faria, Figura Eminente da Universidade do Porto do ano de 2016.

“Prof. Doutor Ribeiro de Faria como Académico e como Homem de Cultura” é o tema desta quarta sessão do ciclo Figura Eminente da Universidade do Porto 2016, que irá decorrer a partir das 18 horas do dia 16 de novembro, no Anfiteatro Prof. Alberto Amaral da Faculdade de Direito da U.Porto (FDUP).

Uma sessão destinada a celebrar “a vasta riqueza cultural e a integridade académica que o homenageado aliava ao seu superior conhecimento jurídico” e que terá como orador convidado Cândido Agra, docente da FDUP e – a par do próprio Jorge Ribeiro de Faria – um dos pais fundadores da Faculdade de Direito da U.Porto.

Jorge Leite Areias Ribeiro de Faria (Póvoa de Lanhoso, 1931 – Porto, 2008), licenciado e doutorado pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, iniciou a carreira académica, em 1960, na Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP). Lecionou durante mais de quatro décadas e integrou o Conselho Científico enquanto Professor-Coordenador do grupo de Direito.

Em 1994 foi nomeado membro da Comissão Instaladora da Faculdade de Direito da Universidade do Porto (FDUP), sendo reconhecido como um dos pais fundadores da instituição. Assumiu a presidência do órgão pedagógico-científico, assim como a regência de várias unidades curriculares, integrou o Conselho Científico, sendo, mais tarde, o primeiro Professor Bibliotecário da Biblioteca que, em 2005, tomaria o seu nome.

Integrou, também, os Conselhos Científicos da Escola de Direito da Universidade do Minho e do Curso de Direito da Universidade Católica Portuguesa no Porto, onde, igualmente, lecionou. Jurista de mérito deixa uma vasta e profunda obra ainda hoje citada pela doutrina e jurisprudência.

Em reconhecimento dos muito relevantes serviços prestados, em 2005, foi atribuído a Ribeiro de Faria o título de Professor Emérito da Universidade do Porto, a que se junta agora a presente homenagem como Figura Eminente da U.Porto em 2016, numa organização conjunta da Reitoria da Universidade do Porto e da Faculdade de Direito.

Nesse sentido, ao longo de todo o ano de 2016 realiza-se na Universidade do Porto um conjunto de iniciativas que pretendem reconhecer e dignificar um nome incontornável do estudo e da investigação em Direito em Portugal.