Ramo Português do Centro Ibero-americano da Cochrane inaugurado no Porto

A Cochrane Collaboration – uma reputada organização científica internacional na área biomédica – vai inaugurar o Ramo Português do seu Centro Ibero-americano. A assinatura do protocolo, promovida por Altamiro da Costa Pereira (Faculdade de Medicina da U.Porto) e António Vaz Carneiro (Faculdade de Medicina da U. Lisboa), decorre no próximo dia 23 de junho, entre as 11 e as 13 horas, numa cerimónia que terá lugar no Auditório do Centro de Investigação Médica da FMUP.

O evento será presidido pelo reitor da Universidade do Porto, José Marques dos Santos, e contará com a participação de Mark Wilson (CEO da Cochrane Collaboration), Xavier Bonfil Cosp (diretor do Centro Ibero-americano da Cochrane) e Florentino Cardoso (presidente da Associação Médica Brasileira).

Presente em 120 países, a Cochrane Collaboration é uma organização internacional sem fins lucrativos, dedicada à produção de informação sobre saúde para apoio à tomada de decisão por parte dos clínicos. Esta organização tem por objetivo produzir informação credível, acessível, sintetizada e isenta na área da saúde, tendo sido o seu reconhecimento internacional merecedor de um assento na assembleia da Organização Mundial de Saúde.

O CINTESIS e o Departamento de Ciências da Informação e da Decisão em Saúde (CIDES) da FMUP participam como parceiros privilegiados na criação do Ramo Português do Centro Ibero-americano da Cochrane, em consequência da reconhecida experiência e conhecimentos dos seus investigadores nas áreas dos Estudos de Síntese de Evidência (revisões sistemáticas e meta-análises), Medicina Baseada na Evidência, Análise/Apoio à Decisão Médica e Bioestatística. Nos últimos anos, este grupo de investigadores foi responsável pela produção de mais de 20 revisões sistemáticas e meta-análises, publicadas em revistas internacionais e com impacto a nível nacional e internacional. Foi, igualmente, responsável por inúmeras iniciativas de formação profissional e ensino pré e pós-graduado nestas áreas.

O Ramo Português do Centro Ibero-americono da Cochrane resulta da estreita colaboração entre a FMUP e a congénere de Lisboa, tendo surgido de uma parceria entre o CINTESIS da FMUP, o Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência (CEMBE) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e o Grupo de Doenças do Movimento da Cochrane, sediado na FMUL.

O Ramo Português do Centro Ibero-americono da Cochrane tem como principal objetivo a promoção e execução de Estudos de Síntese de Evidência (revisões sistemáticas e meta-análises) e a promoção da Medicina Baseada na Evidência em Portugal e em todos os países de língua oficial portuguesa, estabelecendo igualmente uma ponte importante com todo o espaço Ibero-americano.