Projeto “NanoDrumming” apresenta concerto na FEUP

É um concerto aberto a toda a comunidade académica e assinala o encerramento do projeto “NanoDrumming”. Vai acontecer no próximo dia 4 de outubro, às 21h30, no Auditório da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Promovido pelo Drumming Grupo de Percussão, este concerto é uma iniciativa do Comissariado Cultural da FEUP que se associou ao projeto para jovens percussionistas que tem por objetivo desenvolver um trabalho profundo de música de câmara. Para estes músicos, o importante no projeto “NanoDrumming” é a possibilidade de desenvolver e sensibilizar a formação específica nesta área, trabalhando sobretudo obras do espólio do Drumming Grupo de Percussão de compositores portugueses, através da criação de uma ferramenta de sustentabilidade e disseminação da música portuguesa. Assim, nesse âmbito, foi revisitado um projeto dos primeiros anos do Drumming Grupo de Percussão, o Rock Metamorfoses.

O Drumming Grupo de Percussão emergiu em 1999, do primeiro curso superior de percussão aberto em Portugal – cinco anos antes – pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto (ESMAE), com o apoio do Instituto Politécnico e da Escola Profissional de Música de Espinho. Sob direção de Miquel Bernat, percussionista e pedagogo de prestígio internacional, o agrupamento formado por alunos e professores ostenta no seu currículo dezenas de atuações em todas as principais salas do país; Fundação Gulbenkian, TNSJ do Porto, Culturgest, Centro Cultural de Belém, Fundação Serralves, Casa da Música, entre outros. O grupo atua também no estrangeiro, tendo passado já por Espanha, Bélgica, França, Brasil, Alemanha e África do Sul.

Foi grupo residente da programação musical da “Porto 2001, Capital Europeia da Cultura” com oito atuações apresentando os mais distintos programas, e tem colaborado em parceria com o Teatro Nacional de São João na exploração das Músicas Escénicas desde 1999.

“Drumming” resulta também da evolução da percussão erudita em Portugal e na própria cultura ocidental, contribuindo, através da divulgação das grandes obras contemporâneas, para um ganho progressivo de público para esta especialidade, no seio da qual percorre as vias da inovação sonora e da poética do espetáculo enquanto momento cénico único e total.

O acesso ao espetáculo  é gratuito (sujeito à lotação da sala), mediante levantamento antecipado de bilhete. Os bilhetes estão disponíveis no Infodesk/FEUP (segunda a sexta, das 9h30 às 13h, e das 14h às 17h30), ou na bilheteira do Auditório da FEUP no dia do espetáculo (abertura da bilheteira uma hora antes do espetáculo).

Mais informações através do e-mail ccultur@fe.up.pt.