Projeto de investigação da FEUP distinguido na Alemanha

Investigação centra-se no campo da descontaminação de águas aplicada à desinfeção de biofilmes.

O desenvolvimento de metodologias para a descontaminação das redes de água, no caso de ocorrência de uma contaminação acidental ou deliberada, valeu a uma equipa de investigadores da qual faz parte Luis Miguel Madeira, investigador no Laboratório de Engenharia de Processos Ambiente e Energia (LEPAE) da Facudade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) a conquista do 1st Prize Poster Award 2012, no âmbito da 5ª edição da conferência internacional “Water Contamination Emergencies: managing the threats”.

Desenvolvido em parceria com a Universidade de Nancy (França), o trabalho mostrou o potencial da tecnologia estudada na FEUP no campo da descontaminação de águas aplicada à desinfeção de biofilmes. A investigação integra um projeto europeu (com orçamento global de 7,5 milhões de euros), coordenado na FEUP por Luís Melo, sobre segurança em redes de água e que envolve várias universidades e também empresas ligadas ao setor. A equipa de investigação dedicada a este projeto reúne ainda outros investigadores ligados ao LEPAE.

O trabalho de investigação mostra a possibilidade de se usar um tratamento convencional de oxidação (mais vulgarmente aplicado ao tratamento de efluentes) na desinfeção de biofilmes presentes nas tubagens de redes de água, fazendo uso de um processo catalítico in situ (recorrendo aos metais presentes nas tubagens, depósitos lá existentes, próprio biofilme, etc. como catalisadores do processo). Trata-se de uma abordagem inovadora e potencialmente interessante quando ocorre uma contaminação da rede de água, seja ela acidental ou deliberada.

Luís Miguel Madeira realça a importância de ver o seu trabalho reconhecido a nível internacional e destaca o trabalho de equipa que envolveu investigadores das universidades de Nancy e Riga. De acordo com o professor da FEUP, “o projeto europeu termina este ano, mas o trabalho continuará, na Faculdade de Engenharia”, e provavelmente em parceria com outros membros do projeto (por exemplo com testes em sistemas à escala piloto). Pretende-se, em particular, “afinar as metodologias com vista ao desenvolvimento de processos mais eficazes na preservação da segurança de redes de água e de descontaminação das mesmas” (descontaminação da água, dos sólidos nela contidos, das tubagens e dos biofilmes).

A 5ª edição da conferência internacional “Water Contamination Emergencies: managing the threats” decorreu em Mülheim-an-der-Ruhr (Alemanha), de 19 a 21 de novembro.