“Programadores” do Secundário mostram o que valem na FCUP

A equipa “return to_Sleep”, do Colégio de Gaia, alcançou o primeiro prémio da competição. (Foto: FCUP)

A Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) recebeu no passado dia 11 de maio, a 16.ª edição do ToPAS – Torneio de Programação para Alunos do Secundário, uma iniciativa  organizada pelo departamento de Ciência de Computadores da FCUP, que contou com a participação de 33 equipas compostas por jovens talentos da programação, provenientes de 15 escolas do norte do país.

Recorrendo a um único computador, os participantes tiveram quatro horas para resolver sete problemas, programando em linguagens como o C/C++, Java e Pascal. Pretende-se deste modo estimular os alunosa interessarem-se pela área de Ciência de Computadores, e, quem sabe, a descobrirem a sua vocação num dos cursos da FCUP.

Durante esta iniciativa, os laboratórios onde as provas decorrem e o Auditório Ferreira da Silva costumam ficar coloridos, já que, por cada problema resolvido pelos alunos, é atribuído um balão de hélio da cor correspondente a esse desafio. Foi precisamente o que aconteceu nesta edição, uma vez que quatro das equipas conseguiram resolver todos os problemas propostos.

A prova foi bastante competitiva, com várias trocas na liderança até aos últimos minutos. A equipa “return to_Sleep”, do Colégio de Gaia, alcançou o primeiro prémio da competição, seguida dos “LOJIK”, do Colégio Internato dos Carvalhos, e dos “PRODE”, da Escola Secundária Avelar Barreto.

Os vencedores receberam prémios oferecidos pela organização. Foi ainda distribuído um certificado por todas as equipas participantes.

Em consequência do sucesso alcançado desde a primeira edição, o ToPAS  tem vindo a ser alargado a outras universidades, tendo dado origem ao do ToPAS Sul, na Universidade do Algarve, e so ToPAS Lx,  na Universidade Nova de Lisboa. Só em 2018, as três universidades receberam 67 equipas, num total de mais de 200 alunos participantes.