Programa Santander Universidades já mobilizou quase 700 estudantes na U.Porto

Só este ani, 35 estudantes portugueses e 124 sul-americanos usufruíram dos mais de 90 mil euros disponibilizados pelas Bolsas Santander / U.Porto,

Desde 2007, 231 estudantes da Universidade do Porto realizaram um período de mobilidade em universidades da América do Sul, enquanto 445 jovens sul-americanos fizeram o caminho inverso como bolseiros do Programa Santander Universidades. Em sete anos de existência do programa, 676 estudantes dos dois lados do Atlântico beneficiaram do protocolo de colaboração entre o Banco Santander e a Universidade do Porto.

Estes sete anos dos programas de mobilidade Santander Universidades ficam marcados pelo reforço da ligação entre a Universidade do Porto e uma centena de instituições de ensino superior ibero-americanas, especialmente do Brasil e da Argentina, mas também da Espanha, Chile ou México.  Só presente ano letivo, 35 estudantes portugueses e 124 sul-americanos usufruíram dos mais de 90 mil euros disponibilizados pelas Bolsas Santander / U.Porto, um investimento suportado inteiramente por aquela instituição bancária.

Estes mais de 150 estudantes nacionais e estrangeiros que beneficiaram deste programa de bolsas foram reconhecidos no passado dia 30 de maio, numa cerimónia de entrega de certificados realizada no Salão Nobre da Universidade do Porto. A sessão contou com as intervenções do Administrador do Banco Santander, Luís Bento dos Santos, e do Reitor da U.Porto, José Marques dos Santos.

Além das intervenções institucionais, foi ainda possível ouvir os testemunhos de três estudantes que usufruíram deste programa: uma estudante portuguesa da U.Porto que realizou um período de estudos na Universidade Federal Fluminense (Brasil), um estudante brasileiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro em mobilidade na Faculdade de Letras da U.Porto e uma estudante argentina da Universidade de Buenos Aires a estudar na Faculdade de Arquitetura da U.Porto.

Recorde-se que, só este ano, mais de 3800 estudantes e investigadores internacionais, de 112 nacionalidades diferentes, escolheram a Universidade do Porto para prosseguirem os seus estudos a tempo inteiro ou através de diversos programas de mobilidade internacional.