Professora da Faculdade de Letras premiada em Espanha

Docente na FLUP desde 2011, Mirta Fernández é atualmente leitora de espanhol a tempo integral. (Foto: DR)

A professora e investigadora Mirta dos Santos Fernández, docente da área de Estudos Espanhóis da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), é a vencedora do I Premio de Investigación Filológica «Profesor José Romera Castillo», uma iniciativa da Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) que distinguiu a melhor tese de doutoramento em Filologia apresentada naquela instituição, entre 2015 e 2017.

Defendida em julho de 2017, a tese de Mirta Fernández – intitulada “Con alma fúlgida y carne sombría”: edición crítica de la obra completa de Delmira Agustini y estudio de concordancias léxicas de Los cálices vacíos” – apresenta um estudo aprofundado da obra da poetisa uruguaia Delmira Agustini (1886-1914).

Desse trabalho, que incluiu um período de investigação de dois meses na Biblioteca Nacional de Uruguai, em Montevideu, ao abrigo de uma bolsa de mobilidade (Santander Universidades) concedida pela U.Porto, resultou, por exemplo, a divulgação de um conjunto de cartas inéditas da poetisa, bem como a tradução para português europeu de uma antologia de 30 poemas considerados “essenciais” na obra de Delmira Agustini.

Em 2018, a tese de doutoramento de Mirta dos Santos Fernández já tinha sido distinguida com o Premio Extraordinario de Doctorado 2016-2017, atribuído pela UNED.

O Premio de Investigación Filológica «Profesor José Romera Castillo» foi entregue no passado dia 10 de maio, em Madrid, e consiste na atribuição de uma diploma e na publicação do livro resultante da tese de doutoramento premiada numa editora de referência da área das Humanidades.

Sobre Mirta dos Santos Fernández

Licenciada em Jornalismo pela Universidade do País Basco, Mirta Fernández é mestre em Análise Gramatical e Estilística do Espanhol e em Formação de Professores do Ensino Secundário Obrigatório, Formação Profissional e Ensino de Línguas Estrangeiras- Especialidade de Língua Castelhana e Literatura pela Universidad Nacional de Educación a Distancia. No currículo conta ainda com um Diploma de Estudos Avançados em Filologia Espanhola, com o qual obteve Equivalência ao Mestrado em Estudos Literários, Culturais e Inter-Artes da Faculdade de Letras da U.Porto). Em 2017, concluiu o Doutoramento com Menção Internacional em Filologia: Estudos Linguísticos e Literários (variante hispano-americanista), também na UNED.

A ligação da docente e investigadora espanhola à U.Porto iniciou-se em setembro de 2011, ano em que começou a lecionar na FLUP, em regime parcial, ao abrigo de um protocolo estabelecido entre a Universidade e o Ministério dos Assuntos Exteriores de Espanha. Em 2012, é contratada como leitora de espanhol a tempo integral, categoria profissional na qual se mantém na atualidade. Ao longo destes anos tem lecionado diferentes matérias da área dos estudos espanhóis e, mais recentemente, hispano-americanos (espanhol como língua estrangeira, cultura espanhola contemporânea, história da cultura espanhola, linguística espanhola, formação de professores de ELE e poesia hispano-americana contemporânea).

Desde dezembro de 2017, é ainda investigadora do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» é, onde integra o grupo de investigação «Representações locais e globais».