Professor da U.Porto preside sociedade internacional de doença da mama

Fernando Schmitt é docente de Patologia na FMUP e coordena a unidade com o mesmo nome no IPATIMUP. (Foto: i3S)

Fernando Schmitt, docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e investigador do Instituto de Investigação e Inovação  da Universidade do Porto (i3S) / IPATIMUP, acaba de ser eleito presidente da International Society of Breast Pathology (ISBP) – entidade internacional dedicada a promover a comunicação e intercâmbio científicos em torno da doença da mama.

“Um dos meus principais focos de atuação enquanto presidente da sociedade será a internacionalização. Existem, neste momento, vários grupos de trabalho espalhados por todo o mundo a trabalhar em patologia mamária. O estreitamento de relações criará sinergias que atuarão como facilitadores do conhecimento nesta área de forma transversal.”, explica Fernando Schmitt.

“Além da aproximação entre a ISBP e a Sociedade Europeia de Patologia, queremos aproximar os grupos de trabalho ocidentais e orientais e dinamizar o domínio da formação em vários países, sempre com o objetivo de potenciar o estudo e a compreensão da doença”, acrescentou o docente de Patologia da FMUP que, no IPATIMUP, coordena a unidade de investigação com o mesmo nome.

Fundada em 1998 nos Estados Unidos da América, a ISBP tem como principal missão promover a investigação, o diagnóstico e a educação em patologia mamária. Nesse sentido, as estratégias desenvolvidas por esta sociedade científica visam o envolvimento pleno dos seus membros.