Prémios Incentivo’14: Sara Carvalho

Sara Carvalho tem 19 anos e é natural da Póvoa de Varzim. A frequentar, atualmente, a Faculdade de Medicina da U.Porto, completou o primeiro ano do Mestrado Integrado em Medicina Dentária da Faculdade de Medicina Dentária da U.Porto (FMDUP) com média de 16.65 valores, em 2012/2013. É por isso é um dos 19 estudantes da U.Porto distinguidos com a edição 2014 do Prémio Incentivo, entregues no Dia da Universidade.

Sara Carvalho afirma que o Prémio Incentivo serve "para que não desistamos ao próximo obstáculo, quer ele seja pequeno, quer seja enorme. Vale sempre a pena continuar em frente".

– Um balanço deste primeiro ano na U.Porto?

Este primeiro ano de ingresso no ensino superior foi, em certa forma, um ano de reafirmação. Acabadinhos de sair do ensino secundário e, muitas vezes, sem saber o que nos espera, acabamos por nos conhecer de uma outra forma, de nos descobrir como nunca antes. Apesar de não ter entrado no curso que pretendia, senti que não devia deixar de estar motivada, em parte, pela qualidade de ensino que me foi apresentada e que aos poucos me foi cativando. A bom ver, noutra parte, porque Medicina Dentária, não deixa de ser uma vertente da grande prática que é a Medicina.  Assim, completamente fora das minhas expectativas, o resultado foi muito positivo e, claro está, muito enriquecedor. Entrei na ideia que estaria a perder um ano e acabei por ganhar muito, tendo contribuído para me ambientar neste novo desafio que é ingressar no ensino superior.

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

De todas as iniciativas, encontros, conferências que tentam estimular o contacto entre todos os estudantes da UP.

– De que menos gosta na Universidade do Porto?

Com a crise que se vive atualmente em Portugal e um pouco por todo lado, urge a necessidade do apoio social a vários estudantes que vêm os seus sonhos cortados/encurtados por não conseguirem financiar o seu próprio estudo. Assim, acontece que não posso deixar de desgostar do processo que ainda se encontro demorado na resposta , bem como da quantidade de colegas que acabam por desistir, por não lhes ser atribuído apoio social.

– Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

Um pouco aquilo que já frisei anteriormente relativamente aos serviços sociais. Julgo haver uma necessidade de se alargar o número de estudantes a serem abrangidos por estes tipos de apoios, sendo também essencial que essa ajuda chegue o mais rápido possível, ou seja, de uma forma geral, agilizar a reposta, para que o estudante não tenha tanto encargo inicial com os seus estudos.

 – Um desejo para a Universidade do Porto, no seu aniversário?

Que mantenha os padrões de ensino e que continue a subir nos rankings nacionais e internacionais, como prova do seu esforço e empenho.

– Qual a importância do Prémio Incentivo para o futuro?

É sem dúvida uma forma de fomentar a vontade nos estudantes de continuarem o seu bom trabalho e de sentirem que este é reconhecido. Ou seja, como o próprio nome indica, é um incentivo aos estudantes que se esforçaram, de sentirem que valeu a pena e de que vale sempre a pena, quando se refere ao nosso futuro, aos nossos sonhos e àquilo que nós, por vezes, nem pensamos ser capazes. Para que não desistamos ao próximo obstáculo, quer ele seja pequeno, quer seja enorme. Vale sempre a pena continuar em frente.

NOTA: ATÉ 21 DE ABRIL, CONHEÇAM NO NOTICIAS.UP.PT TODOS OS VENCEDORES DOS PRÉMIOS INCENTIVO 2014 ATRAVÉS DOS TESTEMUNHOS QUE PUBLICAMOS DIARIAMENTE AQUI. PODEM TAMBÉM CLICAR NA TAG (ETIQUETA) “PRÉMIOS INCENTIVO”.