Prémios Incentivo’14: João Ferraz

A estudar na Faculdade de Direito da Universidade do PortoJoão Ferraz terminou o primeiro ano da licenciatura em Direito com uma média de 16.2 valores. Com 19 anos e natural de Gondomar, é um dos vencedores da edição 2014 dos Prémios Incentivo, entregues no Dia da Universidade.

João Ferraz fala da experiência de estudar na U.Porto como um duplo privilégio: "não só temos a possibilidade de estar no ensino universitário, como estamos na melhor Universidade em que poderíamos estar".

Um balanço deste primeiro ano na U.Porto?

O meu primeiro ano na Universidade do Porto foi extremamente positivo a todos os níveis. A entrada neste novo ciclo obrigou a algumas mudanças, nomeadamente ao nível da organização do tempo, da capacidade de concentração e na força de vontade para atingir todos os objetivos a que me propus. Todavia, tive a sorte de fazer excelentes amigos e aprender com ótimos professores, o que tornou a minha tarefa mais fácil. A Universidade do Porto, com todas as iniciativas de integração que realiza e todas as condições que oferece, ajudou-me neste processo e só posso agradecer por isso.

De que mais gosta na Universidade do Porto?

O que mais gosto é, sem dúvida, do espírito que é aqui vivido. A Universidade deve ser a comunhão entre os alunos e os professores e é exatamente isso que é promovido nesta comunidade. A promoção da qualidade de todas as partes envolvidas e a promoção da excelência é o que faz da nossa Universidade a melhor de Portugal e uma das melhores da Europa. Depois, situa-se, na minha opinião, na mais bela cidade do país, o que é muitíssimo gratificante.

De que menos gosta na Universidade do Porto?

Não gosto principalmente da distância entre as faculdades. Ainda que seja relativamente fácil, através de transportes públicos, chegar aos diferentes pólos, deveria haver uma zona mais unificada. Especificamente, a Faculdade de Direito da Universidade do Porto está um pouco distante das restantes.

Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

Sem dúvida, a existência de uma época especial para os trabalhadores estudantes. Da mesma maneira que promove a excelência, a Universidade do Porto deve promover condições mais igualitárias para todos os estudantes nas mais diversas situações, e penso que os trabalhadores estudantes são, neste ponto, prejudicados.

Um desejo para a Universidade do Porto, no seu aniversário?

Que continue o bom caminho na formação de boas pessoas e bons profissionais, bem como na ascensão nos rankings que prestigia a Universidade do Porto e orgulha todos os que aqui trabalham e estudam.

Qual a importância do Prémio Incentivo para o futuro?

Tal como o seu nome refere, o prémio estimula a continuação de um bom trabalho. Numa altura em que as perspectivas de futuro não são as mais favoráveis, importa mostrar aos estudantes que existe um futuro que só deles depende, e que é possível emergir no mercado de trabalho e concretizar todos os seus sonhos e objetivos. Não nos podemos esquecer que somos duplamente privilegiados: não só temos a possibilidade de estar no ensino universitário, como estamos na melhor Universidade em que poderíamos estar.

 

NOTA: ATÉ21 DE ABRIL, CONHEÇAM NO NOTICIAS.UP.PT TODOS OS VENCEDORES DOS PRÉMIOS INCENTIVO 2014 ATRAVÉS DOS TESTEMUNHOS QUE PUBLICAMOS DIARIAMENTE AQUI. PODEM TAMBÉM CLICAR NA TAG (ETIQUETA) “PRÉMIOS INCENTIVO”.