Prémios Incentivo’14: Catarina Costa

Catarina Costa valoriza a "excelência do ensino" da Universidade do Porto, "que tem sempre em mente a formação de excelentes profissionais".

Catarina Costa, natural de Oliveira de Azeméis, tem 19 anos e completou o primeiro ano do Mestrado Integrado em Bioengenharia da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) com média de 18.22 valores, em 2012/2013. É por isso que é um dos 19 estudantes da U.Porto distinguidos com a edição 2014 do Prémio Incentivo, entregues no Dia da Universidade.

Um balanço deste primeiro ano na U. Porto?

Este foi, sobretudo, um ano de grandes mudanças: cidade desconhecida, novas amizades, diferente escola. Na Faculdade deparei-me com grandes desafios, que procurei sempre superar dando o melhor de mim. Conheci amigos excecionais e Professores brilhantes, e recordo aulas às quais foi um privilégio assistir. Olhando para trás, posso dizer que este ano teve tanto de trabalhoso e extenuante como de gratificante e extraordinário.

De que mais gosta na Universidade do Porto?

Na minha opinião, o aspeto mais positivo da UP é a facilidade com que os novos estudantes são integrados no início do ano. A minha experiência centra-se na FEUP, mas penso ser uma qualidade transversal a toda a Universidade. A chegada à Faculdade nem sempre é fácil mas são feitos grandes esforços, tanto pelos alunos mais velhos, como pelos docentes e funcionários, no sentido de acolher os estudantes recém-chegados e tornar esta transição o mais fácil possível. Numa perspetiva mais geral, valorizo muito o espírito alegre que inunda diariamente a UP, bem como a exigência do ensino, que tem sempre em mente a formação de excelentes profissionais.

De que menos gosta na Universidade do Porto?

Penso que o aspeto menos positivo da Universidade do Porto é a reduzida comunicação que existe entre as diferentes Faculdades que a constituem. Para tal contribuem tanto a distância física que separa os polos universitários como a falta de divulgação de eventos que poderiam unir os estudantes das diversas unidades orgânicas.

Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

No seguimento da observação anterior, penso que uma maneira de melhorar a UP seria promover uma maior comunicação entre os estudantes que a constituem, divulgando e promovendo atividades transversais a toda a Universidade. Tal permitiria uma maior interação entre alunos que se estão a formar em áreas do conhecimento muito distintas, servindo, portanto, como enriquecimento pessoal e intelectual.

Um desejo para a Universidade do Porto, no seu aniversário?

Desejo que a UP continue a primar pela formação de pessoas com competências pessoais e profissionais de excelência, que são reconhecidas e prezadas tanto em Portugal como além-fronteiras.

Qual a importância do Prémio Incentivo para o futuro?

O Prémio Incentivo é o reconhecimento e a valorização de muito esforço. Constitui sem dúvida um estímulo para o futuro, ajudando-nos a manter os nossos objetivos bem definidos e lembrando-nos de que todo o nosso trabalho é valorizado. Fundamentalmente, ensina-nos a querer ser brilhantes e a lutar por isso.

NOTA: ATÉ 21 DE ABRIL, CONHEÇAM NO NOTICIAS.UP.PT TODOS OS VENCEDORES DOSPRÉMIOS INCENTIVO 2014 ATRAVÉS DOS TESTEMUNHOS QUE PUBLICAMOS DIARIAMENTE AQUI. PODEM TAMBÉM CLICAR NA TAG (ETIQUETA) “PRÉMIOS INCENTIVO”.