Prémio REN 2018 distingue alumni de Engenharia

Vencedores da 24.ª edição do Prémio REN. (Foto: REN)

Pedro Sarmento de Beires e Fábio Brito, ambos antigo estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), conquistaram, respetivamente, o segundo e o terceiro lugares da edição 2018 do Prémio REN, galardão que distingue as melhores teses de mestrado na área da Engenharia, Economia, Matemática, Física, Química, Sistemas de Informação e Computação.

Intitulado “O papel das centrais hídricas reversíveis face ao aumento dos volumes de integração de produção de origem renovável em sistemas elétricos isolados”, o trabalho de Pedro Sarmento Beires, atualmente investigador do INESC TEC visou estudar a implementação de uma central hídrica com bombagem no sistema elétrico da Ilha de São Miguel nos Açores. Para isso, o agora em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MIEEC) da FEUP realizou diversos estudos e simulações de comportamento dinâmico da central e do sistema eletroprodutor já existente. A tese pode ser consultada aqui.

Já Fábio José Correia de Brito obteve o grau de Mestre em Engenharia Eletrotécnica na FEUP e foi a sua tese “Simulação de Estratégias de Operação Agregada de Sistemas de Armazenamento Distribuídos em Parques Eólicos e Centrais Fotovoltaicas” que lhe valeu o reconhecimento. O trabalho está disponível aqui.

A 24.ª edição do Prémio REN distinguiu ainda um terceiro antigo estudante da Faculdade de Engenharia: João Espírito Santo, com uma menção honrosa.

O primeiro prémio coube a um estudante do Instituto Superior Técnico (IST) –  Gabriel da Silva Garanito Maciel, com a tese “Desenvolvimento e Projeto Mecânico de uma Fundação para uma Turbina Eólica Offshore”.

A entrega do Prémio REN decorreu no passado dia 8 de novembro, em Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença, entre outros, do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor; de Rodrigo Costa, Chairman e CEO da REN; de Francisco Pedro Balsemão CEO da Impresa; e de João Peças Lopes, professor catedrático da FEUP e presidente do júri do Prémio REN.

Criado em 1995, o Prémio REN é o mais antigo desta natureza em Portugal e tem evoluído de modo a incorporar os desenvolvimentos e transformações que o setor da energia tem vivido ao longo dos anos. Começou por ser um prémio destinado aos melhores alunos de redes e sistemas elétricos para posteriormente incorporar o gás natural, e mais recentemente abranger os candidatos provenientes de um espectro mais alargado de áreas.

Mais informações aqui.