Prémio PEN 2012 para Rosa Maria Martelo

Rosa Maria Martelo é professora associada da FLUP e investigadora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa.

A obra O Cinema da Poesia, da autoria de Rosa Maria Martelo, professora e investigadora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), está entre os vencedores da categoria Ensaio dos Prémios PEN para o ano de 2012, atribuídos pelo PEN Clube Português.

Editado pela Assírio & Alvim, O Cinema da Poesia explora a relação entre a poesia e o cinema  à luz das “cumplicidades entre duas artes que partilham uma extensa e multímoda reflexão sobre os processos de fazer imagem” (ver sinopse). Uma reflexão que convenceu o júri do prémio, constituído por Teresa Salema, João de Almeida Flor, António Carlos Cortez que, na mesma categoria, distinguiu também Salazar e o Poder, a Arte de Saber Durar, de Fernando Rosas.

Nas restantes categorias a concurso, A Terceira Miséria, de Hélia Correia e Cólofon, de Manuel de Freitas venceram ex equo o prémios PEN de Poesia; Travessa d’Abençoada, de João Bouza da Costa, arrecadou o prémio PEN de Narrativa; e Raquel Nobre Guerra levou para casa o  prémio PEN para Primeira Obra, por E Groto Sato.

Os prémios PEN, no valor de cinco mil euros para as modalidades de Poesia, Ensaio e Narrativa, e de 2500 euros para a de Primeira Obra, têm o apoio da Direcção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB) e da Secretaria de Estado da Cultura.

Esta não é a primeira que a obra de Rosa Maria Martelo é distinguida com um dos mais importantes prémios literários nacionais. Em abril passado, O Cinema da Poesia já tinha arrebatado o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores, no valor de 7.500 euros. Antes, em 2012, a autora foi distinguida com o Prémio Jacinto do Prado Coelho de 2010, atribuído pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários (APCL), pelo livro “A Forma Informe – Leituras de Poesia”.

Licenciada em Filologia Românica, Mestre em Literaturas Românicas Modernas e Contemporâneas e Doutorada em Letras (especialidade de Literatura Portuguesa) pela Faculdade de Letras da U.Porto, Rosa Maria Martelo é professora associada da FLUP e investigadora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa (ILCML). Enquanto docente e investigadora,  debruça a sua atividade sobretudo nas áreas da Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, com particular incidência na Poesia Portuguesa do Século XX, Literatura Comparada e Poéticas.

Entre as obras publicadas pela docente em várias revistas e livros de ensaios destacam-se Carlos de Oliveira e a Referência em Poesia (1998), Em Parte Incerta. Estudos de Poesia Portuguesa Contemporânea (2004), Vidro do mesmo Vidro – Tensões e deslocamentos na poesia portuguesa depois de 1961 (2007) e A Forma Informe. Leituras de Poesia (2010). É ainda autora de um livro de poemas, A Porta de Duchamp(2009), e co-organizou a antologia Poemas Com Cinema (2010).