Prémio Nobel da Paz debate as mudanças climáticas na FEP

O impacto dos gases com efeito de estufa e o aumento da obesidade e da diabetes serão alguns dos temas abordados por Anil Markandya.

Anil Markandya, investigador que liderou o painel que redigiu o 3rd and 4th IPCC Assessment Reports on Climate Change (trabalho para as Nações Unidas sobre as mudanças climatéricas), a quem foi atribuído o Prémio Nobel da Paz em 2007 (em ex-aqueo com o Vice-Presidente dos EUA, Al Gore.), vai estar nos próximos dias 9 e 10 de maio na Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) para participar na conferência internacional ICEE – Energy and Environment: Bringing Together Economics and Engineering.

Ligado há mais de 40 anos à área dos recursos e economia ambiental, Anil Markandya esteve na génese da criação da European Association of Environmental and Resource Economists. Nesta conferência, este investigador vai abordar os fatores racionais e não racionais que determinam as escolhas alimentares e os seus impactos na saúde e no carbono, focando aspetos como a melhor forma de reduzir os gases com efeito de estufa para enfrentar o desafio do clima e o aumento da obesidade e da diabetes tipo II, entre outros.

Nesta passagem pela U.Porto, Anil Markandya terá a oportunidade de se juntar a outras figuras internacionais de referência da ciência económica, energia e ambiente,para abordar temas como a crise económica e o desenvolvimento sustentável e a análise de projetos de infraestruturas. Entre elas estará Henrik Lund – detentor de uma vasta experiência como consultor e conselheiro de diferentes governos, organizações e empresas privadas em todo o mundo, incluindo a Comissão Europeia, Banco Interamericano de Desenvolvimento (Inter-American Development Bank) e o Banco Mundial – Niels von der Fehr e Henk Sol.

A apresentação de Henrik Lund – agendada para as 10h do dia 9, cerva de duas horas antes da intervenção de Anil Markandya – irá descrever estratégias de como se poderá utilizar a atual crise económica e os investimentos em energia sustentável para o desenvolvimento industrial, para a criação de emprego e, consequentemente, para o crescimento económico.

Esta conferência pretende ser um fórum de intercâmbio de conhecimentos e de discussão da comunidade científica e da sociedade civil sobre o desenvolvimento económico sustentável.

O programa detalhado do evento está disponível em aqui.

Mais informações aqui.

  • Maria Irene Barros

    Pela importância do tema, estarei atenta a todo o debate.