Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2017 para investigador da FEUP

Pedro Aires Montenegro, investigador do CONSTRUCT – Instituto de I&D em Estruturas e Construções da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), foi recentemente distinguido com o Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2017.

Atribuído pela Ordem dos Engenheiros – Região Sul, o galardão premiou o trabalho de investigação desenvolvido por Aires Montenegro no âmbito da sua tese de doutoramento, realizada sob orientação de Rui Calçada. Intitulado sobre“Metodologia para a Análise da Segurança de Circulação de Comboios Sobre Pontes”, o trabalho apresenta uma metodologia de análise do comportamento dinâmico de comboios a circular sobre pontes para avaliação do risco de descarrilamento.

O algoritmo desenvolvido pelo investigador da FEUP deu origem a um programa de cálculo denominado “VSI ‑ Vehicle‑Structure Interaction”, que permite realizar análises dinâmicas de interação ponte‑comboio. A principal mais-valia deste algoritmo reside no modelo de contacto roda-carril desenvolvido e na formulação híbrida para a resolução das equações de equilíbrio dinâmico em conjunto com as equações que definem a compatibilidade entre o veículo e a estrutura. O modelo de contacto consiste na determinação da posição do ponto de contacto entre a roda e o carril em cada instante através da parametrização geométrica das suas superfícies e dos deslocamentos relativos entre elas. Com a localização do ponto de contacto definida, é possível calcular as forças de contacto normais e tangenciais através de leis não‑lineares definidas para o efeito.

“A metodologia desenvolvida tem vindo a mostrar‑se de grande aplicabilidade prática”, avança Pedro Aires Montenegro. Prova disso é o facto do programa de cálculo desenvolvido estar a ser utilizado em estudos de análise da segurança de comboios de alta velocidade da futura linha ferroviária que ligará as cidades Russas de Moscovo a Kazan. De acordo com o investigador da FEUP, “os resultados obtidos nestes estudos estão já a ser usados pelos projetistas e autoridades responsáveis pela linha ferroviária para tomadas de posição importantes sobre possíveis restrições de velocidade a impor aos comboios quando circulam nas pontes sob ação de vento forte”, esclarece.

Mestre (2008) e doutor (2015) em Engenharia Civil pela FEUP, Pedro Aires Montenegro reconhece grande importância ao prémio que acaba de conquistar. “É o reconhecimento do trabalho que começou a ser desenvolvido durante a tese de doutoramento e que continua hoje a evoluir no sentido de poder ser aplicado em projetos de Engenharia, mais concretamente na avaliação de segurança da circulação em pontes ferroviárias”, confessa o investigador, que, em 2016, já tinha sido distinguido com o Young Researcher Best Paper Competition, atribuído ao melhor trabalho presente na conferência Railways 2016 – Third International Conference on  Railway Technology: Research, Development and Maintenance”.

O galardão foi entregue no Passado dia 12 de maio, no âmbito das comemorações do Dia Regional do Engenheiro 2018, que decorreram na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

Sobre o Prémio

O Prémio Inovação Jovem Engenheiro tem como objetivo contribuir para a elaboração e divulgação de trabalhos inovadores nos diversos ramos da Engenharia, galardoando o caráter inovador e aplicabilidade prática dos mesmos. O Prémio destina-se a todos os membros da Ordem dos Engenheiros até aos 35 anos de idade, estagiários ou efetivos, inscritos em qualquer região.