Portugal Ventures investe em duas startups do UPTEC

A Fan Valley permite ver e comentar notícias sobre os clubes, participar em publicações partilhadas e fazer prognósticos dos jogos.

A Fan Valley permite ver e comentar notícias sobre os clubes, participar em publicações partilhadas e fazer prognósticos dos jogos.

BParts e a Whizztek, duas empresas incubadas no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), estão entre as três novas startups portuguesas selecionadas para investimento pela Portugal Ventures, em resultado da candidatura à Call For Entrepreneurship.

A BParts foi desenvolvida e lançada por Luís Vieira e Pedro Torres, antigos estudantes da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP). Luís Vieira idealizou o projeto na sequência da sua paixão por automóveis e juntou-se a Pedro Torres, que adquiriu experiência em desenvolvimento web, nos Estados Unidos da América.

A BParts é uma plataforma web para a venda e distribuição de peças usadas de automóvel. A plataforma agiliza o processo tradicional de vendas de peças usadas de automóvel, de uma forma simples, cómoda, célere e concorrencial.

“É uma mais-valia para as oficinas, porque a BParts é uma central de compras acessível 24 horas por dia e 7 dias por semana, com stock de múltiplos fornecedores de todo o país”, refere Luís Vieira.

O campeonato da Whizztek é outro. A empresa desenvolveu uma aplicação mobile que possibilita aos adeptos o acesso à informação mais importante dos seus clubes e a avisos com as datas dos jogos da equipa e os resultados dos mesmos, a Fan Valley.

A Bparts, ex-NetPeças, foi uma dos projetos que participou na 1ª edição do Programa de Aceleração de Startups

A Bparts, ex-NetPeças,  participou na 1ª edição do Programa de Aceleração de Startups do UPTEC.

Como verdadeira rede social, a aplicação permite ver, comentar e criar notícias sobre os clubes, partilhar as suas alegrias e tristezas futebolísticas com uma enorme família de fãs, assim como, participar em publicações partilhadas entre fãs dos clubes e fazer prognósticos dos jogos (1×2).

A rede social tem já mais de 10.000 fãs, tendo sido descarregada em 50 países diferentes. Está disponível, gratuitamente, em nove línguas para dispositivos iOS como Android.

“A empresa iniciou este projeto em Agosto 2013. Atualmente, temos grandes ideias para o futuro e muitas novas funcionalidades em desenvolvimento”, traça José de Bastos, CEO da Whizztek.