Portugal Foods vem à U.Porto apresentar Prémio Écotrophélia

I

I

O palco escolhido foi a Reitoria da Universidade do Porto e, o pretexto, mais uma das sessões A2B promovidas pela UPIN / U.Porto Inovação. Foi neste contexto que foi apresentada a primeira edição do concurso Ecotrophélia Portugal, uma competição de inovação alimentar inédita em Portugal, promovida pela Portugal Foods, em parceria com a Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA).

O principal objetivo do concurso passa por promover a inovação e o empreendedorismo na área, formar parcerias e adquirir know-how, promovendo e premiando produtos alimentares eco inovadores. Ou, como referiu Carla Teixeira, da Portugal Foods, proporcionar “uma verdadeira champions league da inovação alimentar”.

“O que queremos mesmo é dar esta oportunidade de aprendizagem aos alunos. Muitas vezes eles pensam que dada ideia não é inovadora e no fundo só precisam de um empurrão. Se ganharem, melhor”, referiu por sua vez Isabel Braga da Cruz, diretora executiva da Portugal Foods, uma associação formada por empresas, por entidades do sistema científico e tecnológico nacional e por entidades regionais e nacionais que representam os vários subsetores que compõem o setor agroalimentar português.

Esse incentivo vai começar a tomar forma já no próximo dia 6 de outubro, às 14h00, na Faculdade de Ciências da U.Porto (Edifício 3, andar -1, sala – 120), numa sessão de esclarecimento organizada pela empresa. Durante a tarde, a Portugal Foods vai apresentar as TOP 10 TRENDS de 2016 na indústria agroalimentar, ou seja, as 10 maiores tendências mundiais que estão a impactar o setor alimentar durante este ano. Haverá também tempo para apresentar devidamente o Prémio Ecotrophélia e todos os seus contornos relativos a candidatura, prazos e prémios. A sessão será aberta a toda a comunidade académica.

A apresentação do galardão coincidiu com a sessão A2b que reuniu na Reitoria da U.Porto vários membros da Portugal Foods e investigadores das Faculdades de Ciências, Ciências da Nutrição, Engenharia, Farmácia, Medicina e ICBAS.  À semelhança das outras sessões A2B que a U.Porto Inovação vem organizando desde 2011, no quadro da terceira missão da Universidade, tratou-se de um momento de aproximação do conhecimento científico da U.Porto às empresas, tendo desta vez como tema central a inovação alimentar.

“Tenho acompanhado a Portugal Foods desde a sua formação e é com muito gosto que vejo esta aproximação à U.Porto, dando mais visibilidade à Universidade na área alimentar. É muito importante estreitar estes laços”, nota Luís Miguel Cunha, professor da FCUP.

Já Carlos Melo Brito, Pró-Reitor da U.Porto para a Inovação e o Empreendedorismo, lembrou que “temos um ecossistema que permite fomentar este tipo de parcerias. Nós, Universidade do Porto, contribuímos com o conhecimento. E o mote de ordem só pode ser um: win-win”, rematou.