Joana Tavares

“No Bairro do Amor” habitado por Joana Tavares cada dia é vivido como se fosse o último. Tanto que “Frágil” é palavra que não entra no dicionário desta investigadora do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC) da U.Porto, apaixonada por Jorge Palma e por boa comida portuguesa. Mas não “Só”. Na “Terra dos Sonhos” de Joana cabe também a descoberta de uma vacina contra a malária, trabalho que lhe valeu um lugar entre as três cientistas distinguidas na 10ª edição das prestigiadas “Medalhas de Honra L‟Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência”.

Licenciada em Ciências Farmacêuticas e do doutoramento em Bioquímica, ambos na Universidade do Porto, Joana Tavares iniciou os seus trabalhos de pós-doutoramento no Instituto Pasteur, em Paris, estabelecendo-se posteriormente no IBMC. Foi durante este período que se especializou na utilização de técnicas de imagem em tempo real que tem usado decifrar os mecanismos utilizados pelo parasita da malária para conseguir vencer as defesas do hospedeiro e instalar-se no fígado.

Com o projeto agora distinguido pela L’Oreal Portugal com 20 mil euros, a “Estrela do Mar” do IBMC pretende identificar e, se possível, interferir com a molécula ou moléculas do parasita que são responsáveis por este fenómeno. Ao fazê-lo, poderá avaliar se as alterações produzidas podem constituir um alvo a considerar no desenho de uma vacina– atualmente inexistente – para a doença parasitária que mais mata a nível mundial (660 mil pessoas, só em 2010, segunda dados da Organização Mundial de Saúde).

Naturalidade?

Oliveira de Azeméis

Idade?

34 anos

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

Da diversidade nas várias áreas do conhecimento.

– De que menos gosta na Universidade do Porto?

Conservadorismo.

– Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto? 

Aumentar a massa crítica nos institutos de investigação mas sobretudo nas faculdades.

– Como prefere passar os tempos livres?

Não é que tenha muitos… mas os que consigo com a família, os amigos e a minha cadela…

– Um livro preferido?

“Ensaio sobre a Cegueira”, de José Saramago.

– Um disco/músico preferido?

Jorge Palma.

– Um prato preferido?

Como boa portuguesa não consigo eleger um mas sim vários…(e confesso que a escolha seria ainda mais difícil se a questão fosse sobre doces)… leitão à bairrada, arroz de marisco, sopa de peixe,  feijoada…

– Um filme preferido?

Não me lembro da última vez que fui ao cinema….

– Uma viagem de sonho (realizada ou por realizar)? 

Adorei o Egipto  (mesmo com a bagagem perdida…)!!! E uma excelente viagem no tempo!!

– Um objetivo de vida?  

Viver cada dia como se fosse o último.

– Uma inspiração? (pessoa, livro, situação…)

Cada dia…

– Como gostaria de ver no futuro a Ciência em Portugal?

Talvez fosse interessante dar alguma estabilidade a investigadores que conseguem resultados de excelência e flexibilizar a estabilidade de outros para que possam voltar a  conseguir a excelência….

  • Susana Assunção

    PARABÉNS! Dr.ª Joana Tavares!Personalidade de grande talento!
    um orgulho local e do país, de Portugal!
    Força continue a ser como é…maravilhosa e muito profissional!