Personalidades debatem a cidadania e o país na U.Porto

Último "diálogo" está agendado para 3 de abril e vai reunir Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, e Rui Rio, seu antecessor. (Foto: DR/Público)

O que perspetiva Paulo Rangel (eurodeputado e cabeça de lista do PSD e CDS-PP às próximas eleições europeias) sobre o futuro da Europa? O que tem Manuel Monteiro (ex-líder do CDS-PP) a dizer sobre o Portugal de hoje?  E o que poderá sair de uma conversa sobre política entre Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, e o seu antecessor, Rui Rio? Estes são apenas alguns dos pontos de interesse que vão marcar a edição 2014 dos “Diálogos”, ciclo de debates semanais que regressa ao Edifício Histórico da Universidade do Porto (Praça Gomes Teixeira, à Reitoria) de 6 de março a 3 de abril.

Na sua quinta edição, os “Diálogos” procuram debater diversas circunstâncias inerentes à cidadania e ao país. Que caminhos para Portugal, os comportamentos e a ligação entre os cidadãos e os seus representantes, o sistema político, a Europa, serão alguns dos temas em reflexão que, numa discussão aberta e plural, vão ser abordados por distintos especialistas.

O arranque do ciclo está marcado para quinta-feira, 6 de março, com um “diálogo” sobre “Portugal: presente e futuro” entre Pedro Arroja (professor no Instituto Superior de Estudos Financeiros e Fiscais (IESF) e Presidente do Conselho de Administração da Pedro Arroja – SGPS, SA) e Manuel Monteiro (professor na Universidade Lusíada e jurista).

Seguem-se dois “diálogos” que terão como protagonistas António Tavares (provedor da Santa Casa de Misericórdia do Porto), Rui Nunes (professor na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto) e Luís Portela (presidente da BIAL) a 13 de março (“Ética: Valor indispensável?”); e Lôbo-Fernandes (professor catedrático na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho) e Paulo Rangel (deputado no parlamento Europeu) a 21 de março (“Portugal e a Europa: Que futuro?”.

O ciclo encerra a 3 de abril com a presença de Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, e do seu antecessor, Rui Rio (atual consultor da Boyden). O mote/pergunta do encontro será “Cidadãos e política – dissonãncia democrática?”.

Comissariados por Vicente Ferreira da Silva, os “Diálogo” enquadram-se na política de abertura da Universidade do Porto à sociedade, com especial enfoque nas áreas de intervenção por excelência da Universidade: ensino, ciência, cultura e inovação.

Todas as sessões têm início às 21h30. A entrada é livre, não estando sujeita a inscrição prévia.