Permanência nas lojas é influenciada por temperatura, ruído e serviço

A Seeplus® já é utilizada em lojas como a LEVI’S®, G-STAR RAW, DOCKERS, WORTEN e NIKE.

A Seeplus® já é utilizada em lojas como a LEVI’S®, G-STAR RAW, DOCKERS, WORTEN e NIKE.

Sabia que temperaturas elevadas ou baixas, o nível de ruído e uma má prestação de serviço por parte dos colaboradores de uma loja são os principais indicadores que influenciam o tempo de permanência dos consumidores nestes estabelecimentos? Um consórcio constituído pela empresa InovRetail, INESC TEC, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) criou uma plataforma integrada que faz a gestão de ambientes de loja, por forma a permitir o aumento das vendas e a otimização dos custos operacionais.

“Para perceber as razões que levam a que um consumidor permaneça ou não numa loja utilizamos algumas ferramentas de localização espacial por vídeo, Bluetooth ou Wifi, e as diferentes variáveis sensoriais, como a temperatura, humidade, ruído, a luminosidade ou os recursos humanos, no fundo tudo que possa afetar o comportamento dos consumidores num certo espaço físico”, explica Pedro Carvalho, o investigador do INESC TEC que, juntamente com o investigador Luís Corte-Real (professor na FEUP), está responsável pelo projeto RETAIL PRO.

A plataforma utiliza um sofisticado conjunto de algoritmos, altamente parametrizáveis e desenhados para uma fácil integração com os sistemas de informação do retalhista. Para além das ferramentas que recolhem todos os dados, a plataforma inclui o seu processamento, análise, e apresentação dos resultados.

Estas funcionalidades permitem uma atuação mais eficiente e flexível sobre o ambiente de loja de forma a aumentar as vendas. A plataforma produz e disponibiliza, por sua vez, ao retalhista, por intermédio de uma inovadora interface gráfica, um conjunto de indicadores de gestão de ambiente loja, que possam identificar, medir e quantificar o efeito das variáveis do ambiente de loja sobre o comportamento dos consumidores (vendas e tráfego).

“Ao percebermos o tipo de comportamento que os consumidores têm, principalmente em relação a variáveis como o ruído e o serviço, podemos melhorar através de, por exemplo, uma distribuição mais eficiente dos recursos humanos da loja no espaço”, exemplifica Marco Soares, head of operations da InovRetail. De acordo com o responsável, esta solução pode ser comercializada como um serviço, que inclui instalação na loja, análise de dados e envio de relatórios com os resultados finais por parte da empresa ou como um produto, onde a InovRetail vende todo o equipamento ao retalhista bem como o software, que vai depois extrair e analisar toda a informação.

A solução Seeplus®, onde alguns dos módulos foram desenvolvidos através do projeto RETAIL PRO, já é utilizada em lojas como a LEVI’S®, G-STAR RAW, DOCKERS, WORTEN e NIKE.