Parceria entre U.Porto e viticultores do Douro dá mais um passo em frente

Encontro da APVID com investigadores da U.Porto na procura de novas soluções para o Douro vinhateiro.

No passado dia 13 de Junho, foi a vez de a ADVID – Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense vir ao encontro da Universidade, para uma sessão de brainstorming de soluções para os problemas diagnosticados nas visitas à região do Douro. Nessas visitas os investigadores ouviram as solicitações dos vitivinicultores e, em conjunto, concluíram que as prioridades das empresas que trabalham no Douro estão relacionadas com a mecanização e instrumentação.

Este encontro contou com a presença de empresas vitivinícolas do Douro, investigadores da U.Porto e institutos associados, mas também com membros da indústria de equipamento agrícola, como por exemplo, as empresas Pulverizadores Rocha, Tomix, Joper e Jopauto. Participaram também várias empresas saídas da U.Porto e que estão em incubação no pólo da FEUP e no UPTEC como a PreWind e a Wisenetworks. A PRODUTECH – Pólo das Tecnologias de Produção também esteve presente, atendendo à hipótese de no futuro se industrializarem novos equipamentos para os vitivinicultores.

Os participantes tiveram oportunidade de se conhecerem e apresentarem tanto problemas como soluções, avaliando em conjunto as possibilidades de se promoverem novos projetos em cooperação para I&D de novos equipamentos agrícolas adaptados às particularidades da região do Douro e às suas necessidades. Foram criados grupos de grupo para cada um dos temas discutidos a fim de catalisarem esses projetos de I&D.

Com organização conjunta do INEGI e da UPIN, este laboratório de produtos na área da mecanização e instrumentação demonstrou o empenho da Universidade e Institutos Associados em estabelecerem colaborações com empresas industriais e agrícolas, no sentido de se desenvolverem produtos cada vez mais inovadores em Portugal.