Os primórdios da Faculdade de Medicina relatados em livro

A Escola Médico-Cirúrgica do Porto, antecedente da atual Faculdade de Medicina da U.Porto (Foto:DR)

No dia 12 de junho pelas 18h30, terá lugar na Sala da Biblioteca da Reitoria da Universidade do Porto o lançamento da obra A Real Escola e a Escola Médico-Cirúrgica do Porto – Contributo para a História da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, da autoria de Amélia Ricon Ferraz, docente da Faculdade de Medicina da U.Porto (FMUP) e diretora do Museu de História da Medicina da mesma Faculdade.

O livro, editado pela U.Porto Editorial no âmbito das comemorações do centenário da Universidade, apresenta um relato histórico dos primórdios do estudo médico-cirúrgico no Porto, através das duas Escolas que antecederam a atual Faculdade de Medicina da U.Porto. São apresentadas ainda várias imagens de instrumentos anatómicos, cirúrgicos, laboratoriais e de diagnóstico médico que integram, maioritariamente, o espólio do Museu de História da Medicina Maximiano Lemos, da FMUP.

A apresentação da obra será feita por Daniel Serrão, professor jubilado da FMUP. A entrada é livre.

Sobre a autora

Amélia Ricon Ferraz, médica ginecologista, é professora e investigadora em História da Medicina e da Museologia Médica na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. É também diretora do Museu de História da Medicina Maximiano Lemos daquela Faculdade.