O tempo e os seus modos em debate na Universidade

tempoi2ADS- Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto FBAUP) e a Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia (Porto), em colaboração com a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da U.Porto (FPCEUP), promovem, até final do ano, um ciclo de sete debates sobre temas variados das ciências sociais e humanas, tendo como denominar comum o mote “O TEMPO E OS SEUS MODOS”.

A decorrer nos sábados de 27 de setembro, 4, 11, e 26 de outubro, 15 e 22 de novembro, e 13 de dezembro, no auditório da FPCEUP, o ciclo terá, em cada uma das suas sessões, moderadores que introduzirão brevemente o tema do seu ponto de vista. Segue-se um debate ditado pelo” total respeito pelas diferenças de posição, mas uma posição que se pretende sustentada por um mínimo de estudo prévio, evitando o carácter «opinativo» que às vezes têm certos debates, tornando-se inócuos”, apresenta a organização da iniciativa, encabeçada por Vítor Oliveira Jorge (FLUP; CEAACP) e Catarina Martins (FBAUP; i2ADS).

“Neste ciclo estarão em foco sobretudo os modos do tempo tal como pode ser vivenciado por um ser humano, e estudado pelas ciências sociais e humanas. Porém, não deixaremos de ter, logo na primeira sessão, um contributo da Física”, realçam os organizadores, para quem “é crucial parar para pensar num momento da história mundial em que a realidade (sobretudo criada, hoje, pelos média) nos induz a atuar, a atuar talvez precipitadamente, atitude de que em geral parece não resultar nada de positivo”.

O primeiro debate realiza-se já este sábado, dia 27 de setembro de 2014, e tem como tema a História. Mas não “a história que geralmente nos ensinaram e ensinam”. Em vez disso “há que repensar um tema tão tratado, estudar outras maneiras de pensar a história, a temporalidade, a causalidade”. Para moderar este exercício estarão Armando Malheiro (FLUP), Gonçalo Velho (IPT) e Orfeu Bertolami, professores da Faculdade de Letras da U.Porto (FLUP), do IPT e da Faculdade de Ciências da U.Porto FCUP), respetivamente.

Com entrada livre, os debates começam sempre às 15h00 e serão abertos a todos os interessados.