O futuro da computação esteve em discussão na U.Porto

Mais de 150 pessoas estiveram na FBAUP, confirmando assim o Future of Computing como o maior evento em Portugal sobre o futuro da computação.

O Future of Computing juntou professores, engenheiros, cientistas, criativos, investigadores e estudantes na Faculdade de Belas Artes da U.Porto (FBAUP). O evento organizado pelo UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto decorreu de 25 a 29 de junho e recebeu mais de 150 pessoas e os melhores investigadores do mundo nas diversas áreas da computação.

Pela primeira vez em Portugal, este evento teve como tema central o futuro da computação. Durante a semana, foram abordados temas como computação quântica, neuromórfica, fotónica, química e biológica nas cerca de 20 talks que o Future of Computing recebeu. Os participantes, vindos de 10 países diferentes, tiveram a oportunidade não só de ouvir os speakers, mas também de conversar diretamente com os investigadores nos vários momentos de networking ao longo do evento.

“Foi uma semana intensa e de muita aprendizagem. Ouvimos falar do passado, das investigações que estão a marcar a atualidade e do que podemos esperar do futuro. O UPTEC assumiu, assim, uma posição pioneira ao juntar pela primeira vez alguns dos maiores especialistas na área da computação.” afirma Cláudia Ribeiro da Silva, Tech Business Developer do UPTEC.

O último dia do evento foi dedicado ao primeiro hackathon de sempre sobre o futuro da computação. Os participantes foram desafiados a juntarem-se em equipas e a pensarem out of the box na procura de novas soluções não só para os grandes problemas do século XXI, mas também para questões do quotidiano.

Sadaf Alam, Elvira Fortunato, Luca Cardelli e Koen Bertels são apenas alguns exemplos dos oradores que marcaram presença na primeira edição da escola. Mais de 150 pessoas estiveram na Faculdade de Belas Artes da U.Porto, confirmando assim o Future of Computing como o maior evento em Portugal sobre o futuro da computação.