Nasce um novo laboratório para a indústria na cidade do Porto

newsletter_300_200-cópiaNasceu na cidade do Porto um novo laboratório de apoio à indústria transformadora. FABTEC. Assim se chama o Laboratório de Processos e Tecnologias para Sistemas Avançados de Produção que apresentará soluções inovadoras às empresas através da sua experimentação numa learning-factory.

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e o Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial (INEGI) juntaram competências multidisciplinares e a experiência de mais de 30 anos, quer a nível nacional quer europeu, para melhor poderem contribuir para reforçar a competitividade das empresas nacionais da indústria transformadora e dos fornecedores de tecnologias de produção.

O aumento da intensidade tecnológica, da eficiência dos processos produtivos e o reforço da diferenciação, com destaque para a flexibilidade, resposta rápida e integração de tecnologias e processos avançados de fabrico, incluindo as soluções tecnológicas conhecidas como da Indústria 4.0, são vitais em todos os setores da indústria nacional. O objetivo do FABTEC é dar resposta a estes desafios.

“O consórcio FEUP, INESC TEC e INEGI agrega a maior massa crítica do país a trabalhar com a indústria nacional. Para além disso, as três entidades têm também um enorme reconhecimento internacional, que foi sendo construído através de parcerias com instituições de investigação e empresas europeias de topo”, explica João Falcão e Cunha, diretor da FEUP, sublinhando que “a criação da nova Pós-Graduação em Produção Avançada, também com o apoio da Produtech, reforça a nossa capacidade de acrescentar valor à indústria transformadora.”

É graças a esta experiência que o consórcio do Porto está a liderar a participação portuguesa numa candidatura pan-europeia ao EIT (European Technology Institute) na área de Smart Manufacturing, que se espera que venha a contribuir para colocar Portugal ao nível dos melhores da Europa nas três vertentes de um KIC (Knowledge and Innovation Community): ensino, investigação e transferência de tecnologia para as empresas industriais.

Em termos nacionais, FEUP, INESC TEC e INEGI avançam agora com a criação de um Laboratório Colaborativo em Sistemas Avançados de Produção.

“A criação de um Laboratório Colaborativo em Sistemas Avançados de Produção permitirá alargar as competências e recursos num consórcio alargado, agregando outras universidades, institutos de I&D e centros tecnológicos, alinhando estrategicamente toda a atividade nesta área ao serviço da indústria portuguesa, e reduzindo o desfasamento entre as atividades de educação, investigação, inovação e as empresas”, conclui o Diretor da FEUP.

Sobre os Laboratórios Colaborativos

Incluem centros tecnológicos e de engenharia, centros de valorização e transferência de tecnologia, laboratórios de investigação aplicada, entre outros. O incentivo ao desenvolvimento deste tipo de laboratórios enquadra-se no Plano Nacional de Reformas.