Ministro da Saúde iniciou ciclo de conferências na FFUP

Na sua intervenção, Adalberto Marques Fernandes abordou os principais desafios ao sistema de saúde em Portugal (Foto: FFUP)

“A promoção da saúde pública é uma luta difícil”. Foi com estas palavras que Adalberto Campos Fernandes, o Ministro da Saúde, deu início, no passado dia 24 de março, a um Ciclo de Conferências realizadas na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP).

As conferências promovidas pela FFUP abordam temáticas transversais à sociedade e estão relacionadas com a Saúde, o Ensino, a Investigação e a Europa.

Na sessão de abertura, o Ministro da Saúde abordou alguns dos pontos  mais desafiantes para o atual Sistema de Saúde.

A promoção do aumento do consumo de medicamentos genéricos, e a consequente melhoria dos utentes no acesso aos medicamentos é um dos desafios do Ministro; assim como o reforço da capacidade do Serviço Nacional de Saúde, através da contratação de profissionais de várias áreas, com o objetivo de aumentar o acesso das famílias aos cuidados de saúde primários, continuados, integrados e paliativos.

No quadro da inovação tecnológica, Adalberto Campos Fernandes reforçou “a rápida adesão à MySNS Carteira, uma aplicação lançada a 27 de janeiro e que reúne a informação de saúde de cada cidadão e permite fazer o download de guias de tratamento e receitas sem papel; a par da melhoria das aplicações MySNS e MySNS-Tempos, que permitem respetivamente aceder, de forma digital, aos serviços de saúde e aos tempos de espera nas instituições hospitalares.

A sessão contou ainda com os comentário de José António Aranda da Silva, membro do Conselho de Representantes da FFUP, que levantou algumas questões no âmbito do sistema de saúde e, mais especificamente, no âmbito da setor farmacêutico.

Dada a abrangência das conferencias, as portas da FFUP estão abertas não apenas à comunidade universitária e às instituições, mas à cidade e a todos os que se interessam pelos grandes temas da atualidade.