Melhores estudantes de Arquitetura e Belas Artes premiados em Esposende

A cerimónia de atribuição do prémio contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Esposende, do Reitor da U.Porto, de representantes da FAUP e da FBAUP, e do presidente da Ordem dos Arquitetos. (Foto: DR)

Daniela Pinheiro e Sérgio Amaral Costa, estudantes, respetivamente, da Faculdade de Belas Artes (FBAUP) e da Faculdade de Arquitectura (FAUP) da Universidade do Porto, são os vencedores da quinta edição dos Prémios Viana de Lima. O galardão, instituído ao abrigo de um protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal de Esposende e a U.Porto, destina-se a distinguir os melhores estudantes dos cursos de Arquitetura e de Belas Artes das duas escolas artísticas da Universidade.

A cerimónia de atribuição do prémio decorreu no dia 10 de maio e contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Esposende, do Reitor da Universidade do Porto, dos diretores das faculdades de Belas Artes e de Arquitetura e do presidente da Ordem dos Arquitetos.

Daniela Pinheiro, estudante da FBAUP, levou para casa o “Prémio de Pintura Alexandra Viana de Lima” (Foto: DR)

O momento contou com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, que destacou o empenho do Município de Esposende na “defesa do património, não apenas edificado, como ambiental, tal como fez Viana de Lima, proporcionando condições de usufruto pelos cidadãos. Só assim faz sentido”. Na ocasião, António Sousa Pereira, reitor da Universidade do Porto, vincou a importância da iniciativa do Município, na “preservação da memória coletiva, honrando o passado. As instituições têm obrigação de valorizar os seus melhores”.

Já João Pedro Xavier, diretor da FAUP, entende que “a melhor lição de Arquitetura consiste em levar os alunos à Casa das Marinhas”, ao passo que Francisco Laranjo, docente e ex-diretor da FBAUP, salientou o “importante papel da Câmara de Esposende na preservação e promoção da Casa de Viana de Lima, obra na qual todos nos revemos”.

O “Prémio de Arquitetura Sílvia Viana de Lima” distinguiu Sérgio Amaral Costa, estudante da FAUP. (Foto: DR)

Entre os estudantes premiados, Daniela Pinheiro, vencedora do “Prémio de Pintura Alexandra Viana de Lima”, salientou o “forte impacto emocional que o prémio produziu”, ao qual associou a vertente profissional, na medida em que o valor pecuniário do prémio permitirá “patrocinar os primeiros passos profissionais”. Já Sérgio Amaral Costa, que venceu o “Prémio de Arquitetura Sílvia Viana de Lima”, destacou a “forte influência, após uma visita à Casa das Marinhas, pela perceção da relação do espaço com os objetos e com a luz”.

A sessão incluiu a apresentação de um documentário sobre Viana de Lima e com um momento musical protagonizado por Ernesto Clemente, barítono, e Ana Sousa, piano, ao qual se seguiu a declamação de um poema de Ruy Belo, por Ana Coutinho e Castro.

Sobre os Prémio Viana de Lima

A atribuição dos Prémios Viana de Lima decorre de um protocolo estabelecido, em 2010, entre a Câmara Municipal de Esposende e a Universidade do Porto, mediante o qual o Município assumiu a gestão da Casa das Marinhas, da autoria do Arquiteto Esposendense Viana de Lima e propriedade da U.Porto. Dando cumprimento à vontade, expressa em testamento, do arquiteto Viana de Lima, o  Município de Esposende compromete-se assim a distinguir, anualmente e durante 30 anos, com um prémio pecuniário individual de 2000 euros, os melhores estudantes do curso de Arquitetura e de Belas Artes, sendo que, findo esse prazo, o imóvel passa a ser propriedade municipal.